quarta-feira, 24 de outubro de 2018

Comissão de Cultura aprova projetos do deputado Hildo Rocha




A Comissão de Cultura da Câmara dos Deputados, aprovou, na semana passada, duas propostas do deputado federal Hildo Rocha: uma referente ao projeto de lei (PL 3663/2016) que presta homenagem ao saudoso Desembargador Federal Leomar Amorim e uma moção de reconhecimento ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), pela coleta de dados e documentos que resultaram na elaboração do dossiê da candidatura do Complexo Cultural do Bumba meu boi do Maranhão ao título de Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade.

“Por meio da proposta que apresentei, a BR-222, no trecho entre o entroncamento de Itapecuru-Mirim a Chapadinha, passará a ser denominado de Rodovia Desembargador Leomar Amorim. É uma homenagem a um dos homens mais importantes da história do nosso Estado. O Desembargador Federal Leomar Amorim nasceu na cidade de Itapecuru-Mirim. Foi um homem das letras, da justiça, um grande jurista que muito orgulhou a todos nós maranhenses. Com o seu trabalho ajudou a fazer do Maranhão um estado melhor, por meio dos seus atos no judiciário federal”, argumentou Hildo Rocha.

Exemplo de honradez

O parlamentar destacou que o exemplo deixado por Leomar Amorim deve servir de exemplo para as novas gerações de maranhenses. “Nossa homenagem é também uma forma de estimular outros maranhenses a exercerem as suas funções com fervor, com dedicação e competência, contribuindo assim para fortalecer as instituições, propagar a paz e disseminar o senso de justiça”, disse o deputado.

Moção de reconhecimento ao Iphan

A segunda proposição do deputado Hildo Rocha, aprovada na mesma Sessão Deliberativa da Comissão de Cultura da Câmara dos Deputados, é uma Moção de Reconhecimento ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), pela construção do dossiê que embasou a candidatura do Complexo Cultural do Bumba meu boi do Maranhão ao título de Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade.

“O Bumba meu Boi do Maranhão é uma das manifestações culturais mais ricas do nosso país. O Iphan, por meio de um trabalho digno de louvor, conseguiu reunir todo o acervo necessário para que o Bumba meu Boi do Maranhão possa concorrer ao título de Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade. Em reconhecimento à dedicação dos profissionais envolvidos nesse trabalho e à presidente da instituição, Katia Bogéa, que faz excelente trabalho à frente dessa importante autarquia, solicitamos que o órgão seja homenageado com Moção de Reconhecimento pela Câmara Federal. O Iphan realiza um trabalho relevante em favor da cultura brasileira”, declarou Hildo Rocha.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas.

Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado.

Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado.

Noticias qualquer um pode divulgar, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa

LG Contabilidade Pública

LG Contabilidade Pública

Clinica Santo André

Clinica Santo André