segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Autoridades prometem rigor na apuração de denúncias de desrespeito à Lei do Silêncio em Miranda do Norte


Denúncias publicadas nas redes sociais dando conta de abuso na altura do som de alguns eventos realizados na noite do último domingo (18), em Miranda do Norte, que estariam perturbando o sossego, descanso e a paz dos moradores, serão apuradas com rigor pelo delegado de Polícia Civil, Pedro Cesar, titular da DEPOL da cidade e pelo Secretário Municipal de Meio Ambiente, Beto Carvalho.     
Inconformados com o desrespeito, moradores usaram grupos de WhatsApp para  denunciar o que consideram ser um desrespeito e cobrar uma posição das autoridades. As postagens repercutiram e chegaram às mãos dos representantes da lei em Miranda do Norte.           


Em conversa com este editor, o delegado Pedro Cesar ressaltou que a Polícia Civil está empenhada em manter a paz ordem no município e sempre atenta a todas as movimentações e tentativas de burlar a lei. "Aqueles que mesmo já advertidos, insistirem em desobedecer a Lei do Silêncio, serão identificados e penalizados como determina a legislação vigente. Pedimos a população que use o nosso canal de DISQUE DENÚNCIA -WhatsApp - 98269 8545, Vamos apurar todas as denúncias que chegarem até nós" concluiu o Delegado.
    
     
A Polícia Militar em Miranda do Norte, ressaltou a este jornalista que mantem um canal de comunicação aberto com a população através do telefone - 98182 2874, e que todas as denúncias recebidas, são imediatamente apuradas. "O cidadão precisa e deve acionar a polícia sempre que presenciar um ato criminoso, se sentir ameaçado, ou tiver seus direitos desrespeitados. Poluição sonora é crime e quem ousar infligir a lei, será tratado como criminoso" Concluiu o militar.          


Já o Secretário Municipal de Meio Ambiente, Beto Carvalho fez questão de lembrar que a legislação municipal estabelece regras e normas claras sobre a lei do silencio na cidade, além disso, existe uma recomendação expedida pelo Ministério Público Do Maranhão, através da promotora de justiça Carla Mendes Pereira Alencar, da Comarca de Itapecuru-Mirim, sobre poluição sonora.

 "No final de agosto deste ano, reunimos promotores de eventos, donos de casas de shows, bares e afins, além de responsáveis por carros de som, e empresas de propaganda e publicidade para mais uma vez tratar sobre poluição sonora e advertir sobre as penalidades que incorrem quem insistir em ignorar a legislação. A SEMMA está intensificar a fiscalização, e deve promover blitzes surpresas  com o apoio das Polícias Civil, Militar, Corpo de Bombeiros, e Conselho Tutelar para averiguar in loco o cumprimento da legislação" Declarou Beto Carvalho.   


 






Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas.

Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado.

Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado.

Noticias qualquer um pode divulgar, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa

LG Contabilidade Pública

LG Contabilidade Pública

Clinica Santo André

Clinica Santo André
Crie seu próprio questionário de feedback de usuário

REGISTRO - 1608/MA

REGISTRO - 1608/MA

O amanhã é hoje

O amanhã é hoje

DISQUE DENÚNCIA - MIRANDA DO NORTE

DISQUE DENÚNCIA - MIRANDA DO NORTE

...

...

GCL - CONSTRUÇÕES

GCL - CONSTRUÇÕES

Fale Comigo

Nome

E-mail *

Mensagem *