quarta-feira, 13 de março de 2019

Deputado Antônio Pereira defende audiências públicas para debater Reforma da Previdência



O deputado Antônio Pereira (DEM) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa, na terça-feira (12), para falar da importância dos debates sobre a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) da Reforma da Previdência, que está tramitando no Congresso Nacional e deve ser aprovada ainda este ano. 

Na segunda-feira (11), a Assembleia aprovou, por unanimidade, um requerimento de Antônio Pereira, pedindo que as comissões de Administração Pública, Seguridade Social e Trabalho e de Assuntos Econômicos da Casa promovam um painel de audiências públicas sobre a Reforma da Previdência. 

O democrata entende que a Reforma da Previdência é importante para a União, Estados, municípios e Distrito Federal. “Teremos um momento devido de votar algumas coisas nesse sentido, aqui nesta Casa, em nível estadual, como a alteração da idade para a pessoa se aposentar”, alertou. 

DEBATES E DOCUMENTO 

Antônio Pereira esclareceu que, depois dos debates sobre a Previdência com a sociedade organizada nas audiências públicas, um documento será elaborado e enviado aos representantes da Câmara e do Senado, para que os parlamentares possam ver o pensamento do povo do Maranhão. 

Para Antônio Pereira, se a PEC que está no Congresso Nacional for aprovada da forma como está, quem começar a trabalhar agora teria que cumprir a idade mínima e o tempo de contribuição, e só poderia se aposentar em 2054. “Estamos tratando de gerações, por isso a importância dessa discussão nesta Casa”, frisou. 

Na opinião do deputado Antônio Pereira, existe alguns pontos importantes da Reforma da Previdência. O primeiro é a questão da idade, que muda. Hoje, o homem é aposentado com 65 anos de idade e a mulher com 60. A atual proposta propõe que seja 62 anos para mulher, e continua 65 anos para o homem. 

TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO 

O parlamentar disse que, hoje, não há idade mínima na aposentadoria por tempo de contribuição, que está fadado a terminar em 2033, ficando apenas as idades mínimas. A PEC propõe a idade mínima de 62 anos para mulheres e 65 anos para homens. “É muito importante dizer que essa idade pode aumentar”, afirmou. 

Pelos cálculos do deputado, a idade mínima pode aumentar, pois em 2024 haverá nova atualização, quando poderá aumentar a expectativa de vida do brasileiro. “Em cada ano que aumentar a expectativa de vida do brasileiro, aumentará 75% desse aumento, dessa expectativa de vida na idade mínima”, assinala. 

“O tempo de contribuição mínimo, hoje, é de 15 anos para aposentar por idade, e 35 anos por tempo de contribuição. A PEC propõe de 20 anos de contribuição para receber 100% da aposentadoria. É preciso contribuir 40 anos. Mesmo que você contribua por 35 anos e tenha idade, não terá a sua percepção em 100%”, concluiu. 



Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas.

Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado.

Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado.

Noticias qualquer um pode divulgar, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa

LG Contabilidade Pública

LG Contabilidade Pública

Clinica Santo André

Clinica Santo André
Crie seu próprio questionário de feedback de usuário

REGISTRO - 1608/MA

REGISTRO - 1608/MA

O amanhã é hoje

O amanhã é hoje

DISQUE DENÚNCIA - MIRANDA DO NORTE

DISQUE DENÚNCIA - MIRANDA DO NORTE

...

...

GCL - CONSTRUÇÕES

GCL - CONSTRUÇÕES

Fale Comigo

Nome

E-mail *

Mensagem *