Pular para o conteúdo principal

Miranda do Norte sai às ruas em defesa da Lei Maria da Penha e dos direitos das mulheres


A violência contra a mulher é um câncer que precisa ser extirpada de uma vez por todas. A missão é árdua e parece difícil de ser realizada, mas não impossível. Se cada um fizer a sua parte, se conscientizando, denunciando e exigindo o cumprimento da Lei 11.340/2006, batizada como Lei Maria da Penha, conseguiremos reduzir o numero de casos. 

Nesta quarta-feira (13), Miranda do Norte realiza um grande evento para marcar os 13 anos de sanção da Lei Maria da Penha. A atividade encerra a vasta programação preparada pela Secretaria Municipal da Mulher para celebrar a data. 

Desde a segunda-feira (05), instituições publicas e privadas estão sendo visitadas por especialistas que ministram palestras de conscientização sobre a Lei Maria da Penha e formas de combate a violência contra a mulher para o público interno destas corporações. 

Um grande caminhada programada para esta quarta-feira (13), promete reunir milhares de pessoas. Os manifestantes cobram o fim das violência contra a mulher; exigem a  imediata apuração dos casos de feminicídio ocorridos no município, com a identificação e punição dos assassinos; pedem também uma ação integrada das forças de segurança no cumprimento da Lei 11.340/2006, além da comemoração pelos 13 anos de sanção da Lei Maria da Penha.

A  secretária adjunta de estado da mulher, Nayra Mayara deve prestigiar o evento marcado para as 15h desta quarta-feira. A multidão deve se concentrar em frente a  sede da Secretaria Municipal da Mulher - Av. do Comércio, 146, próximo a igreja matriz.

O QUE: Caminhada pelos 13 anos da Lei Maria da Penha

QUANDO:  Quarta-feira 07/08/2019 - 14h  

ONDE: Em frente a  sede da Secretaria Municipal da Mulher - Av. do Comércio, 146, próximo a igreja matriz.



Comentários

Clinica Santo André

Clinica Santo André

Ouça a Rádio Voz de Arari

PLAYER