Pular para o conteúdo principal

Hildo Rocha repercute a destrutiva política econômica de Flávio Dino: “em vez de adotar medidas geradoras de empregos o governador comunista cria um imposto que prejudica o Maranhão”

 

Membro da Comissão que trabalha a fim de extinguir impostos, modernizar o sistema tributário nacional e simplificar o recolhimento de tributos, o deputado federal Hildo Rocha repercutiu a política econômica implantada pelo governador Flávio Dino. 

Rocha ressaltou que em razão da grave crise econômica mundial, que também afeta os Estados brasileiros, o governador deveria adotar medidas para estimular a economia e, consequentemente gerar empregos.



“As ações das Bolsas de Valores do Brasil e do mundo inteiro estão caindo e dólar está em alta desenfreada. O que faz o governador do Maranhão? Em vez de adotar medidas saneadoras, que amorteçam toda essa crise, o governador comunista cria mais impostos. Desta vez, a taxação é sobre grãos. Enquanto se busca meios para diminuir os tributos Flávio Dino inova criando mais impostos”, destacou Hildo Rocha.

Imposto da soja

A crítica do parlamentar é em decorrência da taxação sobre o milho e a soja. “Agora, qualquer carregamento de milho ou de soja, os produtores são obrigados a pagar um imposto para o Estado do Maranhão. Significa dizer que ele está causando o desaquecimento da economia maranhense porque medidas dessa natureza afastam os investidores. Nos Estados vizinhos, que também têm potencial agrícola, esse tipo de imposto não é cobrado”, explicou o parlamentar.

Efeito devastador

De acordo com o deputado, o efeito imediato provocado pela compulsão por impostos, característica marcante do governo comunista, e o aumento do preço da cesta básica.

“Isso acontece porque boa parte dos produtos consumidos pela população de baixa renda têm como base alimentar a soja e o milho. O governador Flávio Dino está promovendo o aumento nessa imensa cadeia da soja e do milho. A consequência é devastadora. Hoje o Maranhão é o Estado que cria mais desempregados em função da crise promovida pelo Governador Flávio Dino”, argumentou Hildo Rocha.


Comentários

Clinica Santo André

Clinica Santo André

Ouça a Rádio Voz de Arari

PLAYER