sexta-feira, 24 de abril de 2020

Miranda do Norte chama vendedores ambulantes e camelôs para recadastramento



Vendedores ambulantes e camelôs com residência e atuação comercial em Miranda do Norte estão sendo chamados para um recadastramento. A ação que tem como objetivo identificar os trabalhadores informais ativos no município visa otimizar as condições de trabalho da categoria além de assegurar prioridade e exclusividade aos ambulantes do município.

Iniciativa do novo secretário Municipal de Meio Ambiente, Pedro Carvalho, o cadastramento deve ser feito na SEMMA - Secretaria Municipal de Meio Ambiente já a partir da próxima segunda-feira (27) e vai até a quinta-feira (30).


Conforme Pedro Carvalho a medida é extremamente benéfica para os trabalhadores informais já que assegura exclusividade a categoria local . "Por conta do alastramento da Covid-19 que justifica os decretos de combate a pandemia, que entre outras medidas impedem a atuação de camelôs e vendedores ambulantes oriundos de outros municípios, estamos agindo no sentido de priorizar os nossos trabalhadores garantido o trabalho digno e geração de emprego e renda" Destaca o secretário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas.

Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado.

Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado.

Noticias qualquer um pode divulgar, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa