Mulher é autuada por propagar fake news sobre contaminação de COVID-19 em Miranda do Norte


Uma mulher de 47 anos foi autuada pela Polícia Civil na manhã desta segunda-feira (27), em Miranda do Norte  por contravenção penal inerente à provocar alarma de perigo inexistente, ocasionando pânico na população local. A investigada teria divulgado áudios em grupos de redes sociais locais afirmando que seu marido estaria contaminado com o novo coronavírus e estaria desrespeitando a quarentena, indo para locais públicos com o intuito de contaminar terceiros.

À Polícia, a acusada alegou durante interrogatório, saber da não infecção de seu marido, mas  que resolveu praticar tais atos por estar com raiva do companheiro, em razão dele estar saindo de casa para ir gastar o dinheiro recebido no acerto do seu último emprego em bares da região. 






Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Miranda do Norte festeja seus 24 anos -Conheça a história do Município

Operação Tarô II: Polícia Civil prende 15 maiores, apreende 03 menores de idade, armas, munições e drogas em Miranda do Norte

Subtenente da PM é morto ao sacar arma para agentes da PRF