Pular para o conteúdo principal

O abraço dos afogados, ou seria o último ato dos desesperados?


O desespero é grande, todas as tentativas e artimanhas fracassaram, e agora? tic-tac, tic-tac...

Agindo na penumbra e às escondidas como é comum aos ratos, aos criminosos e aos fora da lei, um grupo minoritário formado por meia dúzia de gatos pingados ainda inconformados e ressentidos com o resultado do pleito eleitoral de 2016, atentam acintosamente contra a honra e a dignidade de pessoas e famílias de caráter ilibado e honestidade consolidada, desferindo impropérios, calúnias, infâmias e difamações, insinuando e a atribuindo covardemente a estes a prática de atos criminosos, ilícitos e ilegais.

Movidos pela inveja, pelo ódio e pela frustração, os autores dos atentados estão decepcionados e desesperados com a rápida e pronta recuperação do prefeito Pe. Domingos Costa, que deve reassumir o cargo já nos próximos dias, afinal eles davam como certa a morte do prefeito e contavam com isso para colocar em prática um plano macabro de poder e dominação pessoal. 

A população não aprovou e reagiu com forte indignação a tentativa de desconstrução moral de pessoas e famílias. O tiro mais uma vez sai pela culatra.  Além da desaprovação e do repúdio da população o grupo que idealizou e colocou em prática o plano sórdido, maquiavélico e criminoso vai ter que se explicar à justiça. As pessoas citadas nos textos apócrifos já acionaram o judiciário em busca de reparação dos danos irreparáveis à imagem e a honra. 

Vivemos tempos de combate às fakenews e de um amplo clamor popular em todo o Brasil pela reprovação de tais práticas. basta ver os recentes esforços do STF para identificar e punir autores, produtores, financiadores e divulgadores de falsas notícias - fakenews -.

Na contramão da história, remando contra a maré, e em claro desrespeito às leis e ao Estado Democrático de Direito, meia dúzia de desavisados insistem em agir na marginalidade e se esconder sob o manto do anonimato para tentar alcançar objetivos obscuros, impublicáveis e nada republicanos.

Vigilantes, ativos e tranquilos, com a certeza do dever cumprido e de sempre agir e se pautar dentro da legalidade e dos princípios que norteiam a administração pública - legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência - integrantes da gestão do prefeito licenciado, Pe. Domingos Costa, mantém-se firmes e confiantes, certos de que a verdade dos fatos será restabelecida e de que a justiça de modo célere identificará e apontará os autores dos graves atentados contra servidores públicos e seus familiares.

Em meio a tanto ódio, mentira e hipocrisia, temos enfim uma boa notícia, dentro de alguns poucos dias o prefeito Pe. Domingos Costa estará de volta a Matões do Norte para retomar e dar continuidade ao governo popular e participativo.

Os que confiam no SENHOR serão como o monte de Sião, que não se abala, mas permanece para sempre.Salmos 125:1

Comentários

OUÇA a RÁDIO VOZ DE ARARI

Denuncie, seja os olhos e os ouvidos da polícia!

Clinica Santo André

Clinica Santo André

LG Contabilidade Pública

LG Contabilidade Pública