quinta-feira, 16 de julho de 2020

Duplicação do trecho da BR-010 entre o Rio Cacau e a entrada de Davinópolis será feita com emenda da bancada federal, garante Hildo Rocha


Uma boa notícia para brindar os 168 anos de fundação da cidade de Imperatriz: o deputado federal Hildo Rocha anunciou que a obra de duplicação do trecho urbano da BR-010 será reiniciada no início do próximo mês. 



O parlamentar esteve no local da obra e, na oportunidade, destacou que a bancada federal do Maranhão destinou emenda ao Orçamento Geral da União no valor de R$ 25 milhões que serão aplicados na continuação da obra.

 


“A continuação da obra de duplicação da BR-010 vai acontecer. Até o começo do próximo mês, a empresa que ganhou a licitação estará dando continuidade à obra. Nós, deputados federais e senadores do Maranhão, colocamos R$ 25 milhões para assegurar a duplicação da BR-010, no trecho urbano da cidade de Imperatriz, iniciando nas pontes novas sobre o rio cacau até a entrada da cidade de Davinópolis. Estou muito satisfeito com a construção de mais esse trecho da duplicação, pois trabalhei bastante para viabilizar recursos orçamentários para essa obra”, destacou Hildo Rocha.

 

Solução para o trânsito caótico e segurança para os usuários



Iniciada em agosto de 2017, a obra foi projetada para facilitar o fluxo de carros, pedestres, ciclistas e motociclistas.  O projeto prevê a construção de oito elevados, duas pontes sobre o Rio Cacau; alargamento de pistas e reforço de duas pontes já existentes no trecho que corta a zona urbana da cidade de Imperatriz.

 


Com extensão de 1.959 quilômetros, a BR-010, também conhecida como Rodovia Belém-Brasília e Rodovia Bernardo Sayão, é uma das principais rodovias federais do país. A via interliga Brasília (DF) à cidade de Belém (PA), passando pelos estados de Goiás, Tocantins e Maranhão.


https://youtu.be/XRFTBOv0lRo


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas.

Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado.

Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado.

Noticias qualquer um pode divulgar, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa