quarta-feira, 22 de julho de 2020

Todos são iguais perante a lei?


Circula nas redes sociais um vídeo do prefeito de São Pedro dos Crentes, Lahesio Bonfim, com ataques grosseiros ao governador Flávio Dino, além de insinuações sobre a independência dos poderes.



Muito ofendido, o prefeito esbraveja e despeja todo seu ódio, revolta e inconformismo, por a prefeitura que administra ter sido alvo de mandados de busca e apreensão cumpridos pela  Polícia Civil do Maranhão, por meio da Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção (SECCOR),  atendendo a determinação  do Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão.    


Causa surpresa e perplexidade a reação agressiva esboçada pelo gestor, afinal de que ele reclama? estaria o prefeito e sua gestão acima da lei e portanto isento de observar o que preceitua o Art. 5º da CF - Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza. -  O que tem de especial o Lahesio Bonfim, que o isenta de ações do Judiciário?

 

A tentativa de  emplacar uma  narrativa de perseguido político além de destoar da realidade dos fatos, coloca o prefeito em situação de confronto com o Executivo e o Judiciário estadual a quem atribui a prática de crimes.


Um típico caso onde o rabo abana o cachorro e não ao contrário, no mínimo uma aberração, vale destacar que “decisão judicial não se discute, se cumpre ou se recorre”. 


Alguns se imaginam fora do alcance do braço da lei e quando são alvos da justiça se mostram profundamente ofendidos. Quem não lembra da frase:  “Cidadão, não. Engenheiro civil, formado. Melhor do que você”. 


Imagine a cena: um indivíduo é abordado por policiais e recusa-se a passar por revista pessoal alegando ser “cidadão de bem” e não dever nada a justiça. Após a revista o indivíduo passa a proferir duras críticas às forças policiais e ao comando por conta da abordagem.   Essa ação é correta? 

Porque então o prefeito Lahesio Bonfim está tão ofendido após cumprimento legal de mandado judicial contra sua gestão?  Afinal, todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, ou uns são mais iguais que outros?


Abimael Costa, 55, jornalista

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas.

Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado.

Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado.

Noticias qualquer um pode divulgar, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa