Pular para o conteúdo principal

A contribuição de Hildo Rocha na construção dos apartamentos destinados a palafitados do São Francisco


Faltou hombridade ao governo Flávio Dino em reconhecer o trabalho de Hildo Rocha na concepção e construção do Residencial José Chagas

 

Acostumado a se apropriar de obras e ações alheias, o governador Flávio Dino fez escola. O vergonhoso exemplo do governante comunista tem inspirado seus pupilos que são candidatos a prefeito de São Luís. Desta vez o episódio envolve a construção de um conjunto de apartamentos destinados aos ex-palafitados da Ilhinha. A vexatória situação repercutiu no plenário da Câmara Federal, por meio de pronunciamento do deputado Hildo Rocha. 

“Dois postulantes ao cargo de prefeito de São Luis, pertencentes ao consórcio de candidatos que o comunista organizou a fim de permanecer dominando o executivo municipal da capital se digladiaram pela paternidade da construção de 256 apartamentos destinados aos ex-palafitados da Ilhinha. O projeto foi idealizado pela então Governadora Roseana Sarney. A execução da ideia foi viabilizada por mim, no período em que exerci o cargo de Secretário de Estado das Cidades”, destacou o parlamentar. 

Carência de hombridade 

Hildo Rocha disse que a falta de hombridade do Governo Flávio Dino, no que se refere a esse episódio, é de assustar. Segundo o parlamentar maranhense além de deixar de reconhecer o trabalho dele e de Roseana Sarney, o governo Flávio Dino escondeu a origem do dinheiro que construiu os apartamentos. Os apartamentos foram construídos com cem por cento de recursos federais. 


“O Governo Dino não teve a hombridade de reconhecer o trabalho que foi realizado pela ex-governadora Roseana Sarney, não reconheceu os méritos que eu também tive na condução do projeto da construção dos 256 apartamentos, além das intervenções urbanísticas na área beneficiada. Tudo foi construído com recursos do governo federal. Contribuição dos ex-presidentes Dilma e Michel Temer. O atual presidente, Jair Bolsonaro, também contribuiu”, afirmou Hildo Rocha. 

Luta intensa 


Hildo Rocha lembrou que para iniciar o projeto teve que enfrentar grandes dificuldades. “Sem o terreno não haveria a construção desses prédios e quem conseguiu o terreno fui eu, junto ao SPU. O terreno era do Governo Federal. A luta foi intensa, pois proprietários de apartamentos de luxo que estão ali na vizinhança não queriam que fossem construídos os prédios para os moradores de baixa renda, eles temiam que os seus imóveis fosse desvalorizados. Também apareceu um grileiro, dizendo-se dono do terreno, mas eu não desisti, lutei, insistir e superei as dificuldades, inclusive na justiça. Quem conseguiu o dinheiro para construir os prédios de apartamentos fui eu, com o governo federal. Além disso, contratei arquitetos e engenheiros, por meio de empresas, que fizeram todos os projetos e os prédios agora estão prontos. Por falta de caráter eles deixaram de deixaram de citar quem ajudou a realizar e quem financiou o projeto”, explicou o parlamentar. 

Méritos do atual governante 

Hildo Rocha ressaltou que o Governador Flávio Dino errou ao omitir a contribuição da Roseana e também a sua contribuição na construção dos apartamentos destinados a palafitados do São Francisco, mas acertou ao concluir o empreendimento. 

“Ao contrário de Flávio Dino, que não teve a hombridade de reconhecer o papel que eu exerci na etapa inicial do projeto, quando eu exercia o cargo de Secretário das Cidades, eu reconheço os méritos que ele teve ao concluir a construção dos prédios que já estão cumprindo a finalidade idealizada por Roseana Sarney”, comentou o parlamentar. 

Local digno, bonito e valorizado 

O deputado destacou que graças a essa relevante iniciativa da Governadora Roseana Sarney hoje inúmeras famílias estão morando com conforto e dignidade, em um local onde a vista é muito bonita. 

“Fica de frente para a Baía de São Marcos, de frente para o Centro Histórico da cidade de São Luís. É um bom local de morar, é o local ideal para eles porque fica próximo da Ponta d'Areia, no São Francisco ou nas imediações, onde a maioria dos ex-palafitados trabalha. Portanto, tive a felicidade de contribuir para a implantação de um projeto social relevante, bem elaborado pela competente equipe da Secid, no período em que eu exerci o cargo de Secretário de Estado, no governo de Roseana Sarney, finalizou Hildo Rocha. 

Comentários



OUÇA a RÁDIO VOZ DE ARARI

Denuncie, seja os olhos e os ouvidos da polícia!

Clinica Santo André

Clinica Santo André

LG Contabilidade Pública

LG Contabilidade Pública