segunda-feira, 14 de setembro de 2020

Oposição vai para a disputa com Dr. Cardoso Bezerra e Júnior Amorim

 

Fim do mistério! O médico Cardoso Bezerra (SOLIDARIEDADE),  e o empresário Júnior Amorim  (PODEMOS) são os candidatos a prefeito e vice-prefeito de Miranda do Norte pela frente de oposição. 



A frente de oposição conseguiu o que para muitos parecia um feito impossível, chegar a convenção unida em torno de um nome. Conforme o coordenador da frente, Joubert Marques, o diálogo amplo e a renúncia de egos foram fatores  decisivos para o êxito de uma composição de consenso, ideia  trabalhada desde a formação da frente oposicionista.



No último domingo (13), durante convenção na Escola Municipal Gumercindo Fernandes, PSC, Solidariedade e Podemos selaram acordo para homologação da chapa majoritária oposicionista composta pelo médico Cardoso Bezerra (Solidariedade),  e o empresário Júnior Amorim  (Podemos).




Em convenção realizada também no domingo (13),  PSL e REPUBLICANOS optaram por ficar de fora da frente e lançar chapa independente, o que batizaram como a terceira via. António Prestação (REPUBLICANOS) e Marcio Citnet (PSL) estão na disputa.


Miranda do Norte tem três candidaturas majoritárias, D. Angélica (PL), Dr. Cardoso (SOLIDARIEDADE) e Antônio Prestação (REPUBLICANOS).


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas.

Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado.

Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado.

Noticias qualquer um pode divulgar, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa