sexta-feira, 9 de outubro de 2020

Polícia Civil chega aos receptadores de celulares roubados em Miranda do Norte


Receptadores são responsáveis pelo aumento no números de casos de roubo de celulares em Miranda do Norte. A Polícia Civil investiga os caminhos dos aparelhos celulares roubados na cidade. 

O Delegado titular da DEPOL, Renilton Ferreira trabalha para identificar os receptadores, - quem está comprando os celulares roubados -. Durante esta semana vários celulares foram recuperados e diversos receptadores localizados e autuados.

O titular da DEPOL alerta sobre as consequências de comprar produto de roubo ou furto. "Não comprem celulares sem nota fiscal e abaixo do preço de mercado pois você estará cometendo crime e pode ser preso por essa conduta. Todos os aparelhos apreendidos serão devolvidos aos legítimos proprietários" 


O Delegado Renilton faz questão de destacar que o êxito da Polícia Civil depende da ajuda da sociedade. "Continuem colaborando com a Polícia Civil por meio de denúncias através do Instagram https://www.instagram.com/policia_civil_miranda_oficial/ e pelo WhatsApp 98 98465 2125. Somente o delegado titular tem acesso a suas informações. Sejam nossos olhos e ouvidos por toda cidade".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas.

Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado.

Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado.

Noticias qualquer um pode divulgar, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa