terça-feira, 1 de dezembro de 2020

Já passou da hora de desmontar os palanques!

Conforme reza o cronograma divulgado pela Justiça Eleitoral -TSE - as eleições 2020 nos municípios com até 200 mil eleitores encerraram-se em 15 de novembro com a proclamação do resultado das urnas.

Ainda segundo preceitua a Justiça Eleitoral no Art. 2º da LEI Nº 9.100: Será considerado eleito Prefeito o candidato que obtiver a maioria de votos, não computados os em branco e os nulos.

É costume no Brasil e visto até como uma atitude de cortesia, que o candidato derrotado agradeça os votos recebidos, cumprimente o vencedor, reconheça a derrota e deseje boa sorte e um bom governo ao eleito.

O discurso do vencedor é um chamamento ao diálogo, uma fala de pacificação, a partir do resultado das urnas os palanques devem ser desarmados e desmontados, em nome de um governo eleito pela maioria, e que vai governar para todos.

Assim que encerrou a apuração em São Luís, Duarte Júnior reconheceu a derrota, cumprimentou e parabenizou Eduardo Braide, prefeito eleito da Ilha Rebelde. Em São Paulo, Boulos ligou para Bruno Covas desejando sorte e reconhecendo a derrota nas urnas. 

Em Miranda do Norte, 16 dias depois da divulgação do resultado do pleito, os palanques ainda estão armados, montados e ativos com discursos cada vez mais inflamados de parte da militância que insiste em não aceitar a decisão da maioria - 52,63% dos votos válidos - .

O candidato derrotado esqueceu de reconhecer publicamente a vitória do oponente e de em ato de grandeza e cortesia cumprimentar o vencedor. 

Em mensagem pública de agradecimento, a prefeita eleita destacou: “Esta vitória é de todos os mirandenses! serei a prefeita de todos! faremos um governo de paz, união e fraternidade! baseado no respeito e no diálogo” 

O pacto celebrado em nome da democracia e do Estado Democrático de Direito preceitua que a minoria vencida nas urnas aceite e respeite a decisão legal e soberana expressa pela maioria. 

É preciso respeitar os 6.865 eleitore(a)s que escolheram Angélica e Alysson. A partir de 01 de janeiro de 2021 Angélica será a prefeita de todos os mirandenses. 

*Abimael Costa, 55, jornalista


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas.

Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado.

Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado.

Noticias qualquer um pode divulgar, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa