Pular para o conteúdo principal

“O prefeito tem que dar exemplo como o melhor servidor público municipal”, afirma João Martins, em cerimônia de Diplomação


“O prefeito tem que dar exemplo como o melhor servidor público municipal; ser um líder servidor, para que ele possa liderar dando exemplos. Assim como nos disponibilizamos durante a campanha, agora nos colocamos como servidor municipal, para transformarmos a vida das pessoas para melhor”. A afirmação do futuro prefeito de Bequimão, João Martins (MDB), revela a tônica que ele pretende imprimir à sua gestão, a partir de 1o de janeiro de 2021. Na cerimônia de Diplomação, realizada pela Justiça Eleitoral nesta quarta-feira (16), o emedebista também reforçou sua intenção de trabalhar de forma colaborativa com vereadores eleitos, com representantes de instituições diversas e com a população bequimãoense. 


João Martins se dirigiu aos vereadores eleitos de sua coligação e aos da oposição. “Temos nossas diferenças, mas vamos trabalhar pensando em nosso município e não pensando em nossas necessidades e nossas certezas individuais. Antes de pensarmos em nós, pensemos primeiro em quem nos elegeu. É o que eles esperam de nós, que tenhamos equilíbrio, responsabilidade, e que tenhamos o senso de decisão daquilo que for melhor. A campanha já ficou para trás. Agora é hora de trabalhar, governar, gerenciar, fiscalizar, monitorar e também comemorar e celebrar, quando alcançarmos os resultados de melhoria para nossa população”, ponderou o prefeito diplomado, reforçando que será gestor de todo o município, não apenas de quem optou por votar nele e no vice-prefeito Sidney Nogueira “Magal”. 

Essas palavras foram direcionadas aos vereadores Irmão Vetinho (MDB), Pedro Acará (PV), Janny Enfermeira (MDB), Chico Ferreira (PSD), Vadico Barbosa (MDB), Jorge Filho (MDB), Sassá (PDT), Edilson da Vila do Meio (PV), Carlinho de Severaldo (PV), Professor Ivaldo (PT) e Gordo do Quindíua (PL), também diplomados na mesma cerimônia, que aconteceu no Salão Paroquial Padre Paulo Roberto Fortin, no Centro.

O novo prefeito ainda destacou a condução do processo eleitoral pelo judiciário e pelo Ministério Público. “Senhor juiz, queremos agradecer e parabenizar pela condução do pleito, já que sabemos das inúmeras dificuldades que o senhor possa ter enfrentado, mas, se não estivesse à altura de sua envergadura, o senhor não estaria aqui. O que aconteceu é um resultado de estado democrático de direito”, disse ao juiz Ivis Monteiro, titular da 111a Zona Eleitoral, que presidiu a cerimônia de Diplomação. Ao seu lado, também estavam a promotora eleitoral Raquel Madeira Reis e o chefe de cartório Gilvan Costa Santos. 

O vice-prefeito Sidney Nogueira “Magal” não compareceu ao evento, em razão do estado de saúde de familiares. Sua diplomação ocorrerá no Cartório Eleitoral. 

Compromisso com a população 

Para João Martins, quem compõe a administração municipal precisa conhecer bem as dificuldades pelas quais passam as pessoas mais vulneráveis do município. “É necessário que possamos vivenciar as dificuldades dessas pessoas, para que possamos dimensionar a responsabilidade que temos como homens públicos, eleitos com a missão árdua e tanto nobre de trabalhar pela população de nosso município. Eu peço a Deus todos os dias, não somente agora, mas ates de sair para campanha, orando de joelhos no chão, pedido a proteção, sabedoria e razoabilidade, para que todas as dificuldades encontradas fossem transformadas em combustível para o trabalho em prol de nossa população”, contou. 

Ele busca seguir os caminhos pavimentados pelo antecessor, Zé Martins, que conclui seu segundo mandato com a alcunha de “prefeito trabalhador”. Em seu discurso, na cerimônia de Diplomação, o atual chefe do executivo bequimãoense garantiu uma transição democrática e assegurou sua colaboração ao novo gestor. “Posso olhar com altivez todos os cidadãos e a minha descendência, principalmente o meu filho. Atualmente, estamos fazendo a transição administrativa nos termos estabelecidos na lei. O novo prefeito poderá seguir com a sua gestão sem qualquer sobressalto e contando com toda a minha colaboração e de todos que contribuíram com a nossa gestão. É uma situação bem distinta daquela que enfrentamos ao assumir meu primeiro mandato”, relembrou. 

Zé Martins, reconhecido por sua articulação junto aos órgãos do Governo do Estado e do Governo Federal, informou que está deixando novos convênios. “A minha palavra é de gratidão. Com orgulho, digo ao novo gestor e ao povo de Bequimão que, mesmo saindo agora, deverei assinar ainda alguns convênios. Se tudo sair como eu luto para conseguir, eu acredito que teremos convênios para a próxima gestão de aproximadamente R$ 10 milhões, para que esses recursos sejam aplicados para dar uma melhor qualidade de vida ao povo de Bequimão”, concluiu. 

A cerimônia de diplomação foi transmitida pela página de João Martins na rede social Facebook (João Batista Martins) e ainda pode ser acessada por quem não conseguiu ver ao vivo. Depois do evento, o prefeito Zé Martins ofereceu um jantar, no restaurante Dom Joaquim, para todos os diplomados e seus convidados (apenas dois, seguindo recomendação da Justiça Eleitoral, como protocolo de segurança sanitária).

Comentários

OUÇA a RÁDIO VOZ DE ARARI

Denuncie, seja os olhos e os ouvidos da polícia!

Clinica Santo André

Clinica Santo André

LG Contabilidade Pública

LG Contabilidade Pública