terça-feira, 15 de dezembro de 2020

Polícia Militar apreende arma e drogas em Miranda do Norte




Na última segunda-feira (14), a Polícia Militar apreendeu em Miranda do Norte, uma arma de fogo de fabricação caseira e 15 papelotes de substância análoga a cocaína.

A arma de fogo foi apreendida no final da tarde de segunda, quando uma guarnição da Polícia Militar atendia uma ocorrência na Rua da Alergia, bairro Vila Nazaré, visualizou um indivíduo em atitude suspeita.

Durante tentativa de abordagem, ao observar a aproximação da viatura, o suspeito deixou cair uma mochila e fugiu do local. Ao averiguar a mochila, os polícias encontraram uma arma de fogo de fabricação caseira. Apesar das intensas buscas no local, não foi possível capturar o suspeito.

Já no início da noite ainda da segunda (14), durante patrulhamento de rotina, a guarnição passava pelo mesmo local onde a arma havia sido apreendida horas antes, quando observou um suspeito empreendendo fuga. 

Ao pular o muro de uma residência, o indivíduo se desfez de um pacote contendo 16 porções de substância análoga a cocaína. Apesar das incursões na área, não foi possível localizar os suspeitos.

A arma e a droga apreendida foram apresentadas na DEPOL de Miranda do Norte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas.

Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado.

Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado.

Noticias qualquer um pode divulgar, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa