sábado, 30 de janeiro de 2021

Polícia Civil de Miranda do Norte cumpre mandado de prisão contra suspeito de violência doméstica e tortura

 


O intenso e meticuloso trabalho investigativo desenvolvido pela polícia judiciária de Miranda do Norte tem produzido resultados prá lá de positivos. 

Basta ver o drástico crescimento no número de prisões preventivas e de mandados de busca e apreensão cumpridos em Miranda do Norte nos últimos doze meses.

Não é a toa que o  judiciário vem acatando todas as representações feitas pelo Delegado Renilton Ferreira, titular da DEPOL de Miranda do Norte.

Neste sábado (30), a Polícia Civil de Miranda do Norte cumpriu mais um mandado de prisão preventiva em desfavor de F. R. S., 38 anos investigados pelos crimes de feminicidio tentado, lesões corporais qualificadas e o crime de tortura. O citado teria cometido os crimes contra a companheira.

Conforme o Delegado Renilton Ferreira, o alvo do mandado é  um elemento com extensa ficha criminal e extremamente violento. "Ele se encontra atrás das grades neste momento, no presídio de Pedrinhas por conta de outra representação feita por nós, e neste sábado fizemos cumprir um segundo mandado de prisão preventiva em seu desfavor" detalha Renilton Ferreira.

Na época F.R.S foi preso em Miranda do Norte por corrupção de menores, organização criminosa e roubo qualificado, enviado para o presídio de Itapecuru Mirim foi recambiado para Pedrinhas por conta da alta periculosidade, destaca o titular da DEPOL de Miranda do Norte.

Mande sua denúncia para o WhatsApp 98 98465 2125 ou pelo Instagram policia_civil_miranda_oficial. Sua denúncia é recebida apenas pelo delegado titular e o anonimato é garantido.
   https://www.instagram.com/p/CKsGJUDgZrQ/?igshid=1vo1tpgrzjef6

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas.

Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado.

Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado.

Noticias qualquer um pode divulgar, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa