quarta-feira, 17 de fevereiro de 2021

Pastos Bons deflagra operação contra a proliferação do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue


É de conhecimento de todos que a destinação indevida de PNEUS é uma dor de cabeça aos que amam fazer Saúde pública, pois os mesmo facilmente se transformam em nascedouros para o mosquito da dengue, quadro que agrava-se no período invernoso.

Pensando em minimizar esses focos da doença, o Núcleo Municipal de Educação em Saúde lançou a ideia de se fazer um esforço em conjunto para recolher PNEUS em terrenos baldios, nas oficinas, vias públicas  etc, e dar um destino apropriado aos mesmos de forma que deixem de atentar contra a saúde dos cidadãos e cidadãs de Pastos Bons.


A ideia  foi  abraçada entusiasticamente por várias autoridades do município, que imediatamente colocaram a mão  na massa e, em produtiva reunião, trocaram ideias sobre o importante tema.


Estiveram presentes: Além  de Fatima Coelho, representando o núcleo municipal, a Secretaria de saúde, na pessoa do Secretário  Adjunto, Agnaldo Siqueira, Raifran Silva, Secretário de Meio Ambiente, por Jair Baixa Limpa, secretário de Agricultura, Luiz Camapun, coordenador da Vigilância Sanitária, o técnico em meio ambiente Josimar Coelho e Milhomem, coordenador de campo de endemias.



A profícua troca de ideias  versou sobre a destinação dos PNEUS: foi aventada a possibilidade de os mesmos poderem ser objeto de reciclagem, usados para adornar hortas  comunitárias e até ser componente na construção de sumidouros a famílias carentes.


Tal reunião de trabalho mostra a sensibilidade das autoridades municipais em resolver os problemas que afligem o povo, livrando a população de focos do mosquito da dengue, ao mesmo tempo em que cria-se alternativa produtivas para a população. 




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas.

Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado.

Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado.

Noticias qualquer um pode divulgar, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa