quinta-feira, 10 de junho de 2021

Flexibilizar não significa LIBEROU GERAL!



Estamos à beira do colapso!


Todos os números disponíveis sobre a pandemia de covid-19 no Maranhão mostram agravamento do quadro a nível estadual, basta ver o índice de ocupação de leitos de UTI que é de 97,13% na Grande São Luís.


Hospitais da rede privada estão no limite de ocupação, o número de mortes diária está na média de 35 óbitos, o estado tem hoje 21.180 casos ativos, só nas últimas 24 horas foram confirmados 1.330 novos casos.


Todos esses dados servem como parâmetro para mostrar que estamos longe da normalidade e que não está tudo bem.


Mesmo que em Miranda do Norte os casos tenham reduzido em cerca de 90% nos últimos 30 dias por conta da adoção de medidas restritivas mais fortes e duradouras via decretos, a decisão de flexibilizar essas medidas promovendo uma abertura gradual não significa um LIBEROU GERAL.


Não voltamos a normalidade, o vírus é letal, está circulando e as novas variantes têm maior poder de transmissão.


Portanto vamos manter todos os cuidados e redobrar a vigilância, o Decreto 027/2021 em vigor a partir desta quinta (10), não é salvo conduto e nem senha para um LIBEROU GERAL, longe disso, é uma medida que pode ser alterada e revogada a depender do quadro da epidemia no município.

A fiscalização vai ser ainda mais forte nesse período e com uma novidade, a aplicação de multas tanto a pessoas físicas quanto jurídicas, quem burlar a lei vai sofrer as penalidades.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas.

Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado.

Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado.

Noticias qualquer um pode divulgar, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa