sexta-feira, 18 de junho de 2021

O futuro chegou para a Rádio Alternativa de Cantanhede: emissora passa a transmitir no formato digital, via web




O futuro chegou para a Rádio Alternativa, emissora comunitária que opera em FM, na faixa de 87.9 kHz. Nesta sexta-feira (18/06/2021), a Alternativa passa a transmitir simultaneamente na frequência aberta e por meio da rede mundial de computadores.

A inovação faz parte do conjunto de melhorias implantadas pelo diretor da emissora, vereador Dicó. A novidade permite que a Alternativa seja ouvida por meio Smartphones, tablets e computadores, em qualquer lugar do planeta, desde que haja sinal de dados de internet.

Inicialmente os ouvintes poderão escutar por meio do site da rádio (link abaixo)


ou por meio do link do streaming (link abaixo)


Em poucos dias também será possível ouvir por meio do aplicativo Radiosnet, aplicativo que disponibiliza mais de 20.000 emissoras do Brasil e do mundo.

O passo seguinte será a redefinição de nova grade de programação com a inclusão de novos programas de caráter informativo, educativo e de opiniões. Quanto ao site da rádio, também ainda está em fase de configuração.

Assim, aos poucos, a Rádio Alternativa vai se modernizando a afim de se adequar às exigências do mundo moderno e, principalmente, oferecer mais qualidade aos ouvintes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas.

Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado.

Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado.

Noticias qualquer um pode divulgar, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa