sábado, 25 de setembro de 2021

Ao atravessar rodovia federal na faixa de pedestre, mãe e filha são atropelas por carreta no Maranhão


A criança de um ano de idade, morreu ainda no local, a mãe foi socorrida em estado grave

Uma tragédia aconteceu na tarde deste sábado (25) no perímetro urbano de Imperatriz, na região tocantina, distante 634 quilômetros de São Luís. Por volta das 14h, no km 252, em frente a um conhecido shopping da cidade, mãe e filha foram atropeladas na pista central por uma carreta quando atravessavam na faixa de pedestre. A filha estava sendo carregada no colo da mãe, quando foi atropelada.

Informações da equipe PRF dão conta que ambas dirigiam-se ao shopping para se encontrar com o pai, que as aguardava. A mãe da criança é uma jovem de apenas 20 anos de idade, natural de Itaguatins/TO.

A criança morreu no local e, até o início da noite, ainda não havia sido identificada. O pai da menina entrou em estado de choque ao saber da notícia e ver o corpo da filha já sem vida.

A mãe da criança, uma jovem de apenas 20 anos de idade, natural de Itaguatins/TO, segue internada em estado grave e será transferida para outro hospital.

A PRF alerta que o pedestre só atravesse a faixa com os veículos devidamente parados, pois além da possibilidade de distração e não visualização por parte do condutor, ainda podem ocorrer problemas nos freios, derrapagem, etc.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas.

Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado.

Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado.

Noticias qualquer um pode divulgar, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa