segunda-feira, 1 de novembro de 2021

No dia do servidor, Hildo Rocha utiliza tribuna para falar sobre a importância do serviço público no Brasil



Em pronunciamento na tribuna da Câmara, alusivo ao dia dos servidores públicos, o deputado federal Hildo Rocha enalteceu a categoria e citou exemplos de instituições e iniciativas governamentais que alcançaram grande êxito graças à dedicação, esforço e capacidade dos servidores públicos.

“Em fevereiro do ano passado, em uma conferência no Rio de Janeiro, o Ministro Paulo Guedes afirmou categoricamente que os servidores públicos do Brasil seriam parasitas. Um mês depois, explode a pandemia da Covid-19. Quem cuidou de milhões de pacientes e ajudou a salvar vidas? Enfermeiros, médicos, técnicos de enfermagem, farmacêuticos, bioquímicos, fisioterapeutas, e outros profissionais da saúde que trabalham nos hospitais e nos postos de saúde atendidos pelo SUS - Sistema Único de Saúde”, destacou.

Outros exemplos

Hildo Rocha citou também o case Embrapa, Empresa Brasileira de Pesquisas Agropecuária. “Não é só na saúde. Na produção rural hoje todo mundo se orgulha de ter a agropecuária brasileira gerando superávit na balança comercial e alimentando o mundo inteiro. Mas às vezes as pessoas esquecem que quem criou o modelo de agricultura e pecuária tropical genuinamente brasileiro foi um órgão público, foram os servidores públicos, os cientistas da Embrapa”, enfatizou o parlamentar.

Vacinas

O parlamentar ressaltou ainda a contribuição dos servidores públicos de universidades públicas brasileiras que estão desenvolvendo vacinas. “Portanto, nada mais justo do que homenagear, no Dia do Servidor Público, celebrarmos a data mostrando a importância desses profissionais. Viva o serviço público brasileiro. Parabéns, servidores e servidoras do serviço público prestado pelos Estados, pelos Municípios e pela União”, proclamou Hildo Rocha.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas.

Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado.

Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado.

Noticias qualquer um pode divulgar, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa