sábado, 19 de fevereiro de 2022

Evitar acidentes em sítios turísticos naturais é o tema do projeto de lei do deputado Hildo Rocha


O deputado federal Hildo Rocha apresentou Projeto de Lei 174/2022 que tem como objetivo aperfeiçoar a legislação, garantindo maior segurança aos turistas em sítios naturais, reduzindo os riscos de acidentes e de vítimas fatais.

“Logo no início deste ano, o País foi surpreendido com a tragédia que matou dez pessoas em Capitólio, Minas Gerais, quando um enorme paredão de pedra tombou sobre lanchas que levavam turistas para visitar os cânions no lago de furnas. Embora esse acidente tenha características únicas, acidentes com mortes em sítios turísticos naturais são recorrentes no Brasil. Na maioria dos casos o que se observa é que os prestadores de serviços turísticos, nessas áreas, não dispões de estratégias adequadas para prevenir esses acidentes e não dispõem de recursos materiais e humanos para prestar o necessário atendimento aos turistas acidentados”, argumenta Hildo Rocha.

O parlamentar ressaltou que o Maranhão, assim como outros estados da federação, tem vários sítios turísticos naturais a exemplo de montanhas, cachoeiras, piscinas naturais, cânions, deltas e lagoas.

“Acredito que em razão dessa lei, caso a proposta venha a ser aprovada, as empresas que exploram esse ramo de atividade passarão a operar com mais segurança possibilitando assim mais confiabilidade durante a prática de atividades nessas localidades. Isso é bom para as empresas, para os turistas e para os municípios que arrecadam recursos gerados pelo turismo. É bom para todos”, afiançou Hildo Rocha.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas.

Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado.

Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado.

Noticias qualquer um pode divulgar, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa