domingo, 27 de fevereiro de 2022

O perigo de trafegar a noite pela BR-135




Único acesso terrestre ligando o continente à ilha de São Luís, a BR-135 tem um fluxo intenso de veículos, milhares de pessoas chegam e saem diariamente da capital pela rodovia federal.

Nos últimos tempos a falta de segurança nos primeiros 30 quilômetros da 135, mais precisamente a partir de Bacabeira, vem colocando em risco a vida de quem passa por ali. Bandidos estão agindo às margens da estrada, atacando, roubando, e até tirando a vida de quem passa pelo trecho.

Evite viajar entre Bacabeira e São Luís durante a noite, se for uma necessidade, redobre a atenção, e sob nenhuma circunstância pare o veículo .

No início da noite da última sexta-feira (25), policiais rodoviários federais estiveram no km 25 da BR 135, no Campo de Peris, para atender uma ocorrência de assalto entre os Km 23 e 24 da rodovia.

As vítima relataram aos policiais que seu veículo colidiu contra pedras que estavam no leito da rodovia, danificando dois dos seus pneus, o que os obrigou a parar para averiguar a situação, quando foram surpreendidos por três criminosos, pelo menos dois deles estavam armados, eles saíram de dentro do mato e anunciaram um assalto, subtraindo-lhes a carteiras com dinheiro e documentos, bem como outros pertences pessoais.

Na madrugada de 15 de fevereiro último, um motorista, identificado como Lourival Ramos da Silva, de 60 anos, foi atacado e morto por dois marginais, no km 27 na BR-135.

Lourival conduzia um caminhão de uma empresa prestadora de serviço de limpeza da capital maranhense, quando um dos pneus furou. Enquanto aguardava a chegada de ajuda para trocar o pneu do veículo, o motorista foi assaltado e morto a tiros.

No início da noite de 07 de janeiro de 2020 José Antônio Saraiva, pastor da Igreja Maranata foi morto durante assalto, no km 27 da BR-135, após seu veículo sofrer uma pane mecânica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas.

Não usamos de artifícios como sensacionalismo, imagens apelativas, chocantes ou degradantes, tampouco textos, frases, ou palavras chulas para obter acessos.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado.

Aqui oferecemos aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado.

Noticias qualquer um pode divulgar, mas com apuração e seriedade só aqui.

Comentários anônimos, ou que contenham, palavrões, pornografia, ataques pessoais, calúnias ou difamações não serão publicados.

Jornalista Abimael Costa