quinta-feira, 19 de outubro de 2023

Emenda da Comissão de Viação e Transportes, apresentada por Hildo Rocha, viabiliza construção em concreto do trecho de Miranda do Norte a Alto Alegre, na BR 135


O trecho da BR-135, entre Miranda do Norte e Alto Alegre, será a primeira rodovia federal do Maranhão a receber pavimentação em concreto armado de cimento, metodologia denominada de whitetopping (“cobertura branca”). A ordem de serviço que autoriza o início das obras foi assinada nesta quarta-feira (18) pelo ministro dos Transportes, Renan Filho.


Orçada em R$ 360 milhões, parte dos recursos foram conseguidos pelo então presidente da Comissão de Viação e Transporte da Câmara dos Deputados, Hildo Rocha, por meio de emenda de execução obrigatória, denominada de RP8, daquela comissão.


“São 73 km da BR-135 que serão pavimentados em concreto armado assegurando assim maior durabilidade e segurança para quem utilizará aquela rodovia federal. Isso vai acabar, portanto, com a rápida deterioração que ocorre todos os anos sempre após o período das chuvas quando o trecho fica quase intrafegável por ser ali terreno mole”, destacou Hildo Rocha.

Ação do Ministério dos Transportes

Hildo Rocha enfatizou que o ministro Renan Filho está fazendo um excelente trabalho e destacou também o apoio do governador Carlos Brandão na realização das obras do governo federal no Maranhão.


“Essa obra será realizada pelo Ministério dos Transportes por decisão do presidente Lula, em homenagem aos maranhenses. Eu estou muito feliz, já agradeci inclusive ao ministro Renan Filho pela execução da obra porque sei da importância dela para o Maranhão, por isso muito lutei para que ela se realizasse, tendo inclusive apresentado e aprovado uma emenda ao Orçamento Geral da União de 2023, através da Comissão de Viação e Transportes da Câmara, para justamente fazer esse trecho da BR-135 de concreto”, enfatizou Hildo Rocha.

O ministro Renan Filho destacou a importância da obra. “É um trecho muito importante para o desenvolvimento do Maranhão. Boa parte da BR-135 tem um solo considerado mole, que compromete a sua qualidade, prejudicando o escoamento da produção do estado e a trafegabilidade. Por isso, a escolha pela tecnologia de pavimento rígido. A expectativa é muito positiva quanto ao andamento das obras e faremos o acompanhamento mensal das obras na BR-135”, enfatizou Renan Filho.

O diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Fabrício Galvão, ressaltou que o whitetopping deve ser levado a outros estados.

“Além de levar para o Maranhão um investimento de qualidade para a sua malha rodoviária, devemos levar essa tecnologia para outras regiões do país”, afirmou Fabrício.

Investimento

Estão disponíveis para o Maranhão R$ 955,2 milhões em recursos públicos, orçamento três vezes maior do que os R$ 312,4 milhões aplicados pela gestão anterior em 2022. Além disso, o estado conta com 16 projetos de transporte rodoviário e ferroviário no Novo PAC, com R$ 10,4 bilhões previstos para os próximos quatro anos.


Além do Ministro dos Transportes, Renan Filho, do secretário executivo do Ministério das Cidades, Hildo Rocha, também participaram da solenidade: o governador Carlos Brandão; o ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino; a ministra dos Povos Indígenas, Sônia Guajajara; o ministro do Esporte, André Fufuca; o ministro das Comunicações, Juscelino Filho; o senador Weverton Rocha; os deputados federais Cléber Vede, Márcio Jerry, Márcio Honaiser; Duarte Júnior; Aluísio Mendes; o secretário executivo do Ministério dos Transportes, George Santoro; o diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Fabrício Gouveia e os prefeitos Ivo Resende, de São Mateus; Solimar Alves, de Matões do Norte; Maura Jorge, de Lago da Pedra e Rigo Teles, de Barra do Corda.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado.

Noticias qualquer um pode divulgar, mas com apuração e seriedade só aqui.

Jornalista Abimael Costa