segunda-feira, 18 de dezembro de 2023

Hildo Rocha comemora lançamento de novo modelo do Programa Minha Casa, Minha Vida: “vai acelerar realização do sonho da casa própria”

O secretário executivo do Ministério das Cidades, Hildo Rocha, comemorou o lançamento do Minha Casa, Minha Vida Cidades, nova modalidade de programa habitacional lançado pelo ministério das cidades.


“Por meio dessa grande novidade, criada por iniciativa do ministro Jader Filho, com apoio do presidente Lula, aproximadamente seis milhões de famílias que ainda não tem a sua moradia terão, a partir de agora, mais facilidade para realizarem o sonho da casa própria”, enfatizou.

A nova modalidade permite que os recursos financeiros destinados ao financiamento de unidades habitacionais possam ser compostos pelo agrupamento de recursos da União, das prefeituras, do Distrito Federal e dos governos estaduais com recurso do FGTS.


“Nós vencemos um grande obstáculo. Agora fica mais fácil para as pessoas que querem financiar seu imóvel, mas não tem poupança para dar entrada porque elas poderão aderir a essa nova modalidade de financiamento”, destacou Hildo Rocha.

Mais facilidades para os beneficiários do PMCMV

Rocha explicou que a principal diferença entre o novo modelo e as outras formas existentes é a possibilidade de financiamento composto por meio de parceria com os entes Públicos (estaduais, federais, municipais e DF) nas operações de financiamento habitacional do Programa Minha Casa, Minha Vida, com recursos do FGTS.

“Além da participação dos entes federativos, também poderão ser captados recursos originários de emendas parlamentares de deputados e senadores e também de emendas de bancadas estaduais e comissões, tanto do Senado quanto da Câmara. Assim, nós conseguimos avançar bastante e ampliamos o leque de possibilidades de acesso aos programas habitacionais criados e geridos pelo governo do presidente Lula”, sublinhou o secretário.

O MCMV Cidades prevê modalidades de aportes de recursos financeiros ou doação de terreno, cumulativamente aos demais descontos habitacionais concedidos nos financiamentos com recursos do FGTS que poderão ser aplicados para reduzir ou suprimir a entrada na compra de imóvel ou reduzir as prestações mensais do financiamento. O novo modelo abrange famílias com renda mensal de até R$ 8 mil reais.

Rocha enfatizou que as famílias de baixa renda, inclusive os beneficiários do Bolsa Família ou que tem familiares inscritos no BPC, continuarão sendo beneficiadas por meio da modalidade que é financiada com recursos do Orçamento Geral da União.


“Todos os avanços que estamos alcançando no âmbito do Programa Minha Casa, Minha Vida devemos à determinação do presidente Lula e à liderança do nosso Ministro Jader Filho que incumbiu a equipe da qual faço parte, juntamente com o Dr. Hailton Madureira, Secretário Nacional de Habitação, para que formulássemos esse modelo que é inspirado no Casa Macapá, do Estado do Amapá, criado pelo deputado Acácio Favacho e pelo senador Randolfe Rodrigues”, ressaltou Hildo Rocha.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Credibilidade é o nosso maior patrimônio

Nosso objetivo é fazer jornalismo com seriedade, produzindo conteúdo regional, sobre política, economia, sociedade e atualidade, na forma de opinião, editorial e criticas.

Não somos o primeiro a divulgar a informação, mas somos quem apresenta o conteúdo checado, aprofundado e diferenciado.

Noticias qualquer um pode divulgar, mas com apuração e seriedade só aqui.

Jornalista Abimael Costa