Pular para o conteúdo principal

Concurso público de Itapecuru Mirim deve ser suspenso imediatamente, recomenda MPMA

A Prefeitura de Itapecuru Mirim deve suspender o concurso, cancelar as provas marcadas para o próximo dia 21, e rescindir o contrato com Instituto Coelho Neto, organizador do certame, esta é a recomendação da 1ª Promotoria de Justiça de Itapecuru-Mirim, expedida ainda no domingo (14).

Após analisar o site do Instituto Coelho Neto, vários áudios e vídeos de candidatos inscritos no concurso público da prefeitura de Itapecuru Mirim, relatando supostas fraudes, falta de lisura, organização e transparência na aplicação das provas que seriam realizadas no último domingo (14), o Ministério Público do Maranhão recomendou a imediata suspensão do certame. ENTENDA O CASO

Por meio da 1ª Promotoria de Justiça de Itapecuru-Mirim, o MPMA expediu ainda no domingo (14), recomendação ao município que suspenda imediatamente o concurso público (Edital nº 01/2019), bem como também rescinda o contrato com o Instituto Coelho Neto e publique no site da prefeitura o cancelamento das provas marcadas para o dia 21 de abril, a fim de evitar maiores prejuízos aos candidatos.

O promotor de justiça Igor Adriano Trinta Marques, emitiu a recomendação, após consultar o site do Instituto Coelho Neto, responsável pela coordenação e logística do certame, onde encontrou um comunicado informando o cancelamento das provas que estavam sendo realizadas em 14 de abril, para os cargos de professor (1º ao 5º ano), professor de Educação Infantil, agente comunitário de saúde, agente de endemias, técnico em enfermagem, técnico em saúde bucal e professor de atendimento educacional especializado. Porém, no mesmo comunicado, o Instituto Coelho Neto afirma que as provas marcadas para o dia 21 de abril estão mantidas. 

O Parquet determinou que o município se manifeste dentro de 48 horas.

Suspeita de fraude força cancelamento das provas do concurso de Itapecuru Mirim


Comentários

OUÇA a RÁDIO VOZ DE ARARI

Denuncie, seja os olhos e os ouvidos da polícia!

Clinica Santo André

Clinica Santo André

LG Contabilidade Pública

LG Contabilidade Pública