quarta-feira, 30 de abril de 2014

A Terceira via nunca existiu, era apenas um blefe !!!




Atribui-se ao ex-banqueiro Magalhães Pinto, velha raposa mineira, a frase de que "política é como nuvem". A cada olhar, enxerga-se um novo formato.

Desde que foi proclamado o resultado das eleições municipais 2012, nasceu em São Luis e no Maranhão, um movimento politico com a interessante proposta de lançar uma terceira via nas eleições majoritárias de 2014.

Liderado pela terceira colocada no pleito municipal, deputada estadual Eliziane Gama (PPS), a terceira via ganhou rapidamente milhares de adeptos e simpatizantes, a proposta parecia real, defendida com unhas e dentes por sua idealizadora, que aparentemente acreditava na proposta.

O movimento percorreu todo o estado em seminários e encontros onde sempre se dizia a mesma coisa, "Chega de maniqueísmo, Sarney versus oposição e mais do mesmo, o Maranhão precisa de uma terceira via, de um caminho e um nome alternativo".

Lideranças politicas e comunitárias compraram a ideia e passaram a defende-la, o movimento cresceu, começou a incomodar os dois grupos tradicionais, a então líder da proposta já falava como pré candidata ao governo do estado. 

Alguns políticos mais experientes duvidavam da candidatura e chegaram a afirmar que a proposta não lograria exito, e que a deputada queria apenas valorizar o passe e reforçar o seu nome em uma provável disputa para o Senado ou para a Câmara Federal.

As igrejas evangélicas chegaram a ser citadas como principais cabos eleitorais do pré-candidata, já que ela é evangélica e filha de pastor. 

Na noite desta terça-feira (29), a proposta de terceira via foi abortada e implodida, o sonho acabou, tudo que foi dito agora vai ser desdito, fica o dito pelo não dito, foi tudo apenas um grande mal entendido, já não existe mais maniqueísmo ou qualquer critica ao modo dos dois grupos fazerem politica no Maranhão. A idealista e sonhadora Eliziane Gama , acordou do sonho da terceira via e decidiu apoiar a pré-candidatura de Flávio Dino (PCdoB) ao governo do Maranhão. A decisão será comunicada através de nota, a ser divulgada nesta quarta-feira.

O PPS realizará uma coletiva na quinta-feita (1º), no Hotel Abbeville, onde deve declarar oficialmente o apoio de Eliziane ao PC do B de Flávio Dino.

A então pré candidata ao governo do estado pela terceira via agora deve disputar uma vaga na Câmara Federal.

Como ficam aqueles que acreditaram no discurso da terceira via, de uma candidatura alternativa que deveria se contrapor aos dois nomes e grupos já postos há décadas?

A credibilidade da líder do movimento saí arranhada e comprometida desta aventura mal sucedida, os efeitos desta rendição são imprevisíveis e vão custar caro a deputada Eliziane Gama. 

Como fica agora Igor Matos Lago e tantas outras lideranças que romperam com Flávio Dino, e abraçaram a terceira via com toda garra e determinação. 

jornalistaabimaelcosta@gmail.com
Whatsapp: (98) 8175-0173

terça-feira, 29 de abril de 2014

Caminhonete lotada de alunos colide com caminhão e deixa TREZE mortos


Uma tragédia anunciada abalou e enlutou o Maranhão na noite desta terça-feira (29), nada que seja dito pelas autoridades dos municípios envolvidos vai explicar o descaso com estes jovens e o abandono a que estão submetidos.

Porque não existe transporte escolar digno e decente para os estudantes destes municípios? porque não existe escola digna e de qualidade no município em que moram?

É preciso apurar as responsabilidades, apontar e punir os culpados pela morte destes oito estudantes, há muito tempo que o transporte de alunos em veículos clandestinos vem sendo denunciado e nada foi feito para solucionar o problema, quem sabe agora diante de tão grande tragedia as autoridades se empenhem em encontrar uma solução.

Sinceramente, a nota de pesar emitida pelas autoridades parece soar como deboche e escarnio. O que as famílias das vitimas precisam neste momento e de respostas e justiça. 




Aproximadamente 30 estudantes de duas escolas estaduais e uma escola municipal de Bacuri, retornavam para suas casas, no povoado Madragoa, na Região da Baixada Maranhense, distante 500 km de São Luís.
Estas duas jovens estão entre os mortos

Eles viajavam na MA 303, em uma caminhonete modelo D20, que segundo as primeiras informações fazia o transporte clandestino do alunos, quando em uma curva perigosa, conhecida com curva da morte, o motorista da D20, identificado como Cheiroso, teria perdido o controle do veiculo e colidido com um caminhão carregado de pedras que trafegava no sentido contrario.

Com o impacto da colisão a caminhonete foi lançada para fora da pista, caindo em uma ribanceira, oito estudantes  - sete da rede estadual e um da rede municipal de ensino -  morreram ainda local do acidente, os feridos foram encaminhados para o Hospital Municipal de Cururupu, distante 61 km de Bacuri. Entre os feridos, cinco estão em estado grave. 

Informações não oficiais, dão conta de que o veiculo que transportava os alunos, estaria sendo conduzido por um adolescente não habilitado, que seria filho do proprietário da D20.  

De acordo com o comandante do Grupo Tático Aéreo (GTA), quatro helicópteros com profissionais da saúde serão encaminhados para as cidades de Bacuri e Cururupu amanhã (30) para dar suporte no atendimento às vitimas.

Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e o delegado regional de Pinheiro, Cláudio Balby compareceram ao local da tragedia.

O governo do Estado divulgou nota de pesar pela grave acidente e se solidarizou com as famílias das vitimas

Atualizado as 08h00
jornalistaabimaelcosta@gmail.com
Whatsapp (98) 8175-0173

NOTA

A governadora Roseana Sarney ao saber da morte dos 12 estudantes em acidente ocorrido na rodovia entre os municípios de Bacuri e Apicum-Açu, nesta terça-feira (29), telefonou para o prefeito José Baldoino da Silva Nery, garantindo apoio imediato e envio de equipes das Secretarias de Estado de Saúde (SES) e Educação (Seduc) para o local.

“Ficamos todos muito tristes com essa tragédia, que abala não só as famílias de Bacuri, mas de todo o Maranhão”, afirmou.

A governadora Roseana Sarney se solidarizou com os familiares e amigos das vítimas e determinou que fossem tomadas todas as providências, incluindo assistência social e psicológica às famílias.




Mutirão de hérnia realizado em Matões do Norte beneficia pacientes de vários municípios

Aposentado David Montelo Bezerra, 70 anos, de Miranda do Norte.


Os mutirões de hérnia que estão sendo realizados em hospitais regionais do Maranhão já beneficiaram mais de 150 pessoas que haviam recebido o diagnóstico e estavam à espera de uma cirurgia. Foi o caso do aposentado David Montelo Bezerra, 70 anos, de Miranda do Norte.“Fui avisado do mutirão e vim aqui saber. Fui logo encaminhado para fazer os exames laboratoriais esta semana e hoje estou muito feliz porque já vou passar pela cirurgia”, disse ele antes de passar pela cirurgia, na última sexta-feira, dia 25, que ocorreu com sucesso.


O primeiro mutirão de cirurgias de hérnia na Unidade Avançada do Hospital Tarquínio Lopes Filho (Geral), em Matões do Norte realizado na sexta-feira (25), beneficiou 20 pessoas da região.

“Estamos programando novos mutirões, não só para esta como também para outras regiões, para que possamos diminuir a demanda por este tipo de procedimento em todo o Maranhão”, adiantou o coordenador das equipes médicas e diretor do Hospital Geral, Luis Alfredo Guterres. Os procedimentos beneficiaram também, pessoas de Miranda do Norte, Cantanhede, Anajatuba e Presidente Vargas.

“Além de investir na estruturação física da rede estadual de saúde, investimos na contratação de profissionais qualificados e os mutirões cirúrgicos são uma das medidas adotadas na nossa gestão para ampliar o acesso e agilizar a assistência à população”, ressalta o secretário de Estado de Saúde, Ricardo Murad.

Mutirões como este foram realizados, também, nos hospitais regionais estaduais de Grajaú, Coroatá, Peritoró, Barreirinhas e Alto Alegre do Maranhão, beneficiando mais de 150 pessoas que haviam recebido o diagnóstico e estavam à espera de uma cirurgia. Este foi o caso do aposentado David Montelo Bezerra, 70 anos, morador do município de Mirando do Norte. Ele estava com os exames prontos há três anos e não conseguia passar pelo procedimento em seu município. “Fui avisado do mutirão e vim aqui saber. Fui logo encaminhado para fazer os exames laboratoriais esta semana e hoje estou muito feliz porque já vou passar pela cirurgia”, disse ele.

O aposentado Feliciano Pereira, 71 anos, morador de Matões do Norte, também estava aguardando pela cirurgia. “Fiz todos os exames em Cantanhede e Miranda, mas nunca tinha médico para fazer a cirurgia em Miranda. Não tenho condição de ir para São Luís, muito menos de pagar particular. O jeito foi esperar e graças a Deus agora apareceu esta oportunidade e vou poder voltar a trabalhar na roça”, comemorou.

A professora Maria de Fátima Martins, 57 anos, moradora do município de Anajatuba, estava com o diagnóstico há dois anos. Ela disse que as dores são tão fortes que chegam a atrapalhar suas atividades. “Fico sem ir à escola e sem fazer os afazeres domésticos devido às fortes dores. Agora estou feliz porque vou voltar a ter saúde”, declarou. A mesma expectativa tem a dona de casa Isaura Ferreira de Aquino, 28 anos, moradora de Miranda do Norte, que estava há três anos aguardando pelo procedimento. “Estava com os exames prontos e não tinha vaga em hospital. Fui comunicada pela direção do hospital de Miranda e vim logo. Fiz todos os exames laboratoriais aqui e já vou fazer a cirurgia e ficar curada”, completou.


jornalistaabimaelcosta@gmail.com
Whatsapp (98) 8175-0173

segunda-feira, 28 de abril de 2014

Café Literário de abril destaca os anos de chumbo


A edição de abril do Café Literário, do Centro de Criatividade Odylo Costa, filho (CCOCF), segunda do ano, acontece nesta terça-feira dia 29 de abril, às 19h, na Galeria Valdelino Cécio, com participação do escritor Carlos Olavo da Cunha Pereira, que fará a palestra "50 anos depois'', e terá como mediador o escritor Benedito Buzar, presidente da Academia Maranhense de Letras. Na ocasião será o lançamento do livro “Na Saga dos Anos 60”, com seções de vídeo conferência entre os Cetecmas do Maranhão.

Carlos Pereira é natural de Abaeté-MG e possui experiência como jornalista e ativista político. Trabalhou no Jornal do Povo e posteriormente na década de 50 tornou-se criador e diretor do jornal satírico ''O Saci', que após mudar sua linha editorial recebeu o nome de "O Combate", no qual, a luta pela terra, o assassinato de posseiros, a exploração dos trabalhadores, a violência urbana, as arbitrariedades policiais e a corrupção política eram alguns dos temas abordados.

O palestrante e homenageado do mês é autor de livros como “Nas Terras do Rio sem Dono”, publicado em 1988, que relata a disputa pela terra no Vale do Rio Doce, e “Na saga dos anos 60”, que retrata a emocionante história de um jornalista brasileiro no combate às três ditaduras na América Latina.

A obra de Carlos Olavo revive a tensão, a incerteza e o medo de alguém que perde a estrutura familiar, econômica e profissional, reduzido a um mero fugitivo do regime, o tempo todo prestes a ser capturado.

O mediador da noite, Benedito Buzar é autor de diversas memórias históricas, duas das quais foram premiadas pelo Concurso Artístico e Literário Cidade de São Luís: “Do Sarneysmo ao Vitorinismo” e, “Eleição de Chateaubriand no Maranhão”.

A palestra será transmitida por meio de vídeo conferência para os municípios de Açailândia, Barra do Corda, Brejo, Carolina, Pinheiro, Caxias, Codó, Pedreiras, Imperatriz e Santa Inês.

O Café Literário do Odylo faz parte do calendário cultural da cidade e objetiva difundir a literatura maranhense, propondo uma interação entre o público presente e o palestrante convidado. Interessante para pesquisadores, graduandos, professores, poetas, artistas e todos que desejem aprender o ofício ou simplesmente apreciam a literatura, destaca Ceres Fernandes, diretora do CCOCf. As reuniões são sempre na última terça-feira do mês, com entrada franca.

Antônio Pereira vistoria a construção do Hospital Municipal de Buritirana



 O deputado Antônio Pereira (DEM) vistoriou as obras de construção do Hospital Municipal de Buritirana, pleiteado junto ao Governo do Estado para oferecer Serviços de Pronto Atendimento (SPA), partos normais, cirurgias, imunização, ambulatório, raio-x, eletrocardiograma e demais ações de saúde pública.

Acompanhavam o democrata o prefeito de Buritirana, Vagtônio Brandão, o vice-prefeito, Jerry Adelmo, o presidente da Câmara Municipal, Solimar, os vereadores Valmir, Joaquim Albino, Jairo, Marivan, os secretários Juracy Roldão e Paulinho, dezenas de lideranças políticas, servidores públicos, e centenas de populares. 

Durante a solenidade, o deputado Antônio Pereira agradeceu à governadora Roseana Sarney e ao secretário de Estado de Saúde, Ricardo Murad, pela construção do hospital de 20 leitos, fruto de muito empenho junto ao Governo do Estado, para atender um antigo sonho da população do município de Buritirana. 

Para Antônio Pereira, o prefeito Vagtônio Brandão merece que o Governo do Estado - por meio do Programa “Saúde é Vida” - contemple Buritirana com o hospital de 20 leitos, uma obra importante para promover o pleno funcionamento da saúde no município, e atender milhares de pessoas que precisam do benefício. 

TRABALHO ELOGIADO 

Em seu discurso, o prefeito Vagtônio Brandão agradeceu à governadora, ao secretário Ricardo Murad e a Antônio Pereira pelo empenho para construir o hospital, considerado por todos os presentes na visita às obras como uma das maiores conquistas da população de Buritirana, principalmente dos mais carentes. 

Da mesma opinião compartilham o vice-prefeito, Jerry Adelmo, o presidente da Câmara Municipal, Solimar, os vereadores Valmir, Joaquim Albino, Jairo, Marivan e os secretários Juracy Roldão e Paulinho. Ambos reconheceram que a atuação de Antônio Pereira está realizando antigos sonhos da população de Buritirana.

Mãe desesperada pede internação compulsória para filho de 13 anos que é dependente químico



  Além de sofrerem com o preconceito, pais de jovens e adolescentes dependentes químicos que buscam internar os filhos em clinica de recuperação, são ignorados e esquecidos pelas autoridades.

  Na manhã desta segunda-feira (28), o telejornal Fala Maranhão da TV Cidade, apresentado pela jornalista Lisiane Martins mostrou o sofrimento de uma mãe pobre e desesperada que luta sem sucesso para internar o filho adolescente de 13 anos que é dependente químico.

   Sem saber o que fazer, a mãe diz que o filho antes carinhoso transformou se em outra pessoa. Abandonou a escola, passou a dormir fora de casa, e agressivo, ele faz constantes ameaças a mãe, a quem já atentou contra a vida.

   Para sustentar o vicio, o adolescente se tornou traficante, desesperada esta mãe pede ajuda, só que parece que sua voz não é ouvida, as autoridades parecem estar surdas e insensíveis ao grave problema que é a crescente dependência química entre crianças, jovens e adolescentes.

   Segundo uma autoridade ouvida pela reportagem o maranhão não dispõem de local apropriado para internar jovens e adolescentes dependentes químicos para recuperação. 

   A mãe diz já ter sido encaminhada a três juízes e uma psicologa e até agora nada foi resolvido, ainda segundo ela um oficio foi enviado a Defensoria Publica, solicitando uma vaga para internação do adolescente.

Vale lembrar que em fevereiro deste ano, a juíza titular da 1ª Vara da Fazenda Pública de São Luís, Luzia Madeiro Nepomucena, determinou às clínicas psiquiátricas de São Luís conveniadas com o SUS (Sistema Único de Saúde) que façam a internação compulsória de dependentes químicos para tratamento médico especializado pelo tempo necessário para a recuperação do paciente. Segundo a magistrada, os estabelecimentos de saúde, mesmo recebendo recursos públicos, recusam-se a fazer a internação.

De acordo com a juíza, a situação em São Luís é difícil para esse tipo de internação porque as clínicas se limitam a receitar aos dependentes químicos remédios controlados e utilizados para doentes mentais, incorrendo em tratamento inadequado e com foco apenas na contenção de crises de abstinência.

Para conseguir o atendimento médico do filho dependente químico, uma viúva ingressou com ação na 1ª Vara da Fazenda Pública de São Luís pedindo a imediata internação do rapaz e seu tratamento especializado. A juíza determinou ao Município de São Luís a internação compulsória em uma clínica conveniada e impôs multa diária de R$ 1.000,00 em caso de descumprimento da decisão.

A mãe alega que, mesmo internado por determinação judicial, o rapaz teve alta de forma unilateral sem qualquer aviso à família, sendo entregue na porta de casa por profissionais da clínica, que apenas comunicaram verbalmente estar devolvendo o paciente. A mãe alegou que no mesmo dia foi à clínica e não obteve explicação ou prescrição médica referente à alta do filho. Diante disso, ela ingressou com a ação cautelar para garantir o retorno do paciente àquela unidade hospitalar.

De acordo com a magistrada, as unidades de atendimento aos dependentes químicos em São Luís não dispõem de terapêutica adequada para tratar os pacientes. Para a juíza, diante desse quadro não bastam apenas providências judiciais, como tem ocorrido, com o encaminhamento à rede particular conveniadas com o SUS, pois essas clínicas também não dispõem de leito para crianças e adolescentes.

Segundo pesquisa realizada pela Fundação Oswaldo Cruz, grande parte dos usuários de crack ou de formas similares de cocaína no Brasil, incluindo o Maranhão, está nas faixas etárias da infância e adolescência.

Em artigo publicado com o tema “Um cenário de grave violação dos direitos humanos - o tratamento disponibilizado aos dependentes químicos”, a juíza Luzia Nepomucena, doutoranda em Ciências Jurídicas e Sociais, ressalta que o Estado e o Município, via SUS, haverão de dotar a política pública das condições necessárias para viabilizar o acesso à saúde e recuperação desses pacientes como direito subjetivo impostergável e imperioso para a gestão pública diante dessa realidade epidemiológica.

Abimael Costa
jornalistaabimaelcosta@gmail.com
Whatsapp - (98) 8175-0173

Uma ideia na cabeça




Este é Eduardo Campos (PSB), aliado de Flávio Dino (PC do B), que no último sábado (26), em Timon, atacou duramente a presidente Dilma Rousseff (PT), e os ex-presidentes Lula (PT) e José Sarney (PMDB).

UMA IDEIA NA CABEÇA 

O Ministério Público investiga um esquema de desvio de recursos para financiamento de campanhas políticas instalado nos governo de Pernambuco, da Paraíba e no Ministério da Ciência e Tecnologia, na gestão do então ministro Eduardo Campos, presidente nacional do PSB e pré-candidato do partido à Presidência da República.

A apuração se baseia em levantamentos da Polícia Federal, Ministério Público, Controladoria Geral da União, a CGU, e do Tribunal de Contas de Pernambuco realizados sobre contratos firmados entre secretarias estaduais e a empresa Ideia Digital.

Somente em Pernambuco essas contratações somam 77,5 milhões de reais. 

Neste caso, os contratos foram firmados pelo ex-secretário Anderson Gomes, durante suas passagens pelas pastas de Tecnologia (2010) e da Educação (2011-2012), já no governo Eduardo Campos. 

Anderson, que foi assessor especial do governo até 29 de julho do ano passado, é considerado homem chave no esquema em razão de sua proximidade com representantes da empresa. 

Nas investigações foram descobertos dois filhos e um cunhado dele empregados pela Ideia Digital.

Todo esse trânsito atraiu a atenção dos órgãos de investigação e revelaram a facilidade com que a Ideia Digital obtém contratos em áreas dominadas pelo PSB. 

Além de Pernambuco, a empresa também obteve sucesso em acerto na Paraíba, governada por Ricardo Coutinho (PSB). 

Neste caso, a Polícia Federal constatou fraude e superfaturamento no custeio do projeto Jampa Digital, que funcionaria em João Pessoa, firmado em convênio com o Ministério da Ciência e Tecnologia, à época sob comando do partido de Campos. 

Do mesmo modo, por meio da adesão a atas de registro de preço em vigor na Paraíba, Campos, já no governo de Pernambuco, contratou a empresa sem licitação. 

Com isso, a Ideia Digital obteve mais três contratos, sendo dois em 2012 e outro no ano seguinte.

Com base nos acertos em João Pessoa (PB), replicados em Pernambuco, a CGU constatou superfaturamento de 1,4 milhão de reais. 

A mesma apuração aponta que a Ideia Digital pratica sobrepreços nos serviços e equipamentos fornecidos que vão de 200% a 500% sobre os valores de mercado nesse contratos.

A infeliz e prepotente fala de Eduardo Campos







O ex-governador Eduardo Campos (PSB) esteve em Timon na noite de sábado (26), onde participou de ato político, ao lado do ex-deputado federal Flávio Dino, Campos atacou duramente ex-aliados, como a presidente Dilma Rousseff (PT), e o ex-presidente José Sarney (PMDB).

“Eu serei presidente da República e respeitarei, sim, o presidente [José] Sarney, mas no meu governo ele [Sarney] vai ser oposição nos quatro anos. Porque acho que o Brasil precisa de um presidente que olhe no olho de cada homem e diga: a fartura em Brasília acabou”, disse Eduardo Campos.

O curioso é que Eduardo e seu partido o PSB, foram aliados de Lula, Dilma e Sarney durante 10 anos, ao atacar a presidente Dilma, o ex-presidente José Sarney e o PT, Campos esconde e esquece de dizer como e através de quem chegou a politica, como foi eleito governador de pernambuco e não consegue explicar o fato de ter sido ministro do governo Petista. Flávio Dino, que até poucos dias ocupava cargo de confiança no governo Dilma, agora alia se aos inimigos para derrotar Lula, Dilma e o PT. Entenda mais sobre o caso aqui

O Partido dos Trabalhadores e o pré candidato a deputado federal e ex-secretario de estado Hildo Rocha, responderam aos ataques proferidos por Eduardo Campos no final de semana em Timon.

Hildo Rocha Eduardo Campos esqueceu que Macaco não briga com o pau onde sobe. Ao Falar em Timon sobre raposa da política esquece que foi introduzido na política pelas mãos de uma consagrada raposa da política nordestina seu avô Miguel Arraes que foi três vezes governador de Pernambuco. Sem o apoio do avô ele dificilmente teria se elegido governador. Outro provérbio diz que a má companhia torna o bom mau, e o mau, pior. Na companhia de quem ele estava em Timon?

Eduardo Sá Não esquecendo que quando seu Avô Miguel Arraes era governador, o hoje Eduardo Campos era conhecido como Dudu Arraes, mudou de nome por que?

UMA IDEIA NA CABEÇA 

O Ministério Público investiga um esquema de desvio de recursos para financiamento de campanhas políticas instalado nos governo de Pernambuco, da Paraíba e no Ministério da Ciência e Tecnologia, na gestão do então ministro Eduardo Campos, presidente nacional do PSB e pré-candidato do partido à Presidência da República.

A apuração se baseia em levantamentos da Polícia Federal, Ministério Público, Controladoria Geral da União, a CGU, e do Tribunal de Contas de Pernambuco realizados sobre contratos firmados entre secretarias estaduais e a empresa Ideia Digital.

Somente em Pernambuco essas contratações somam 77,5 milhões de reais. 

Neste caso, os contratos foram firmados pelo ex-secretário Anderson Gomes, durante suas passagens pelas pastas de Tecnologia (2010) e da Educação (2011-2012), já no governo Eduardo Campos. 

Anderson, que foi assessor especial do governo até 29 de julho do ano passado, é considerado homem chave no esquema em razão de sua proximidade com representantes da empresa. 

Nas investigações foram descobertos dois filhos e um cunhado dele empregados pela Ideia Digital.

Todo esse trânsito atraiu a atenção dos órgãos de investigação e revelaram a facilidade com que a Ideia Digital obtém contratos em áreas dominadas pelo PSB. 

Além de Pernambuco, a empresa também obteve sucesso em acerto na Paraíba, governada por Ricardo Coutinho (PSB). 

Neste caso, a Polícia Federal constatou fraude e superfaturamento no custeio do projeto Jampa Digital, que funcionaria em João Pessoa, firmado em convênio com o Ministério da Ciência e Tecnologia, à época sob comando do partido de Campos. 

Do mesmo modo, por meio da adesão a atas de registro de preço em vigor na Paraíba, Campos, já no governo de Pernambuco, contratou a empresa sem licitação. 

Com isso, a Ideia Digital obteve mais três contratos, sendo dois em 2012 e outro no ano seguinte.

Com base nos acertos em João Pessoa (PB), replicados em Pernambuco, a CGU constatou superfaturamento de 1,4 milhão de reais. 

A mesma apuração aponta que a Ideia Digital pratica sobrepreços nos serviços e equipamentos fornecidos que vão de 200% a 500% sobre os valores de mercado nesse contratos.

domingo, 27 de abril de 2014

Greve dos rodoviários coloca prefeitura de São Luis entre a cruz e o punhal




O medo das ruas

Sem distinção de coloração política, prefeitos de capitais e de grandes cidades estão segurando a concessão de qualquer reajuste das tarifas do transporte público urbano. Um desses prefeitos de capital relatou que isso está ocorrendo, não apenas por causa do ano eleitoral, mas sobretudo por temor de uma nova onda de manifestações. Está chegando o mês de junho, aniversário das radicais manifestações ocorridas no ano passado. Agora, além da incógnita sobre novos protestos espontâneos, os governos estão na expectativa de ações promovidas por sindicatos e associações. Estas organizações estão motivadas e dispostas a recuperar a liderança perdida sobre as massas.
Coluna Panorama politico - Ilimar Franco  24/04/2014


Qualquer que seja o desfecho da negociação entre rodoviários, empresários e a prefeitura de São Luis, o prefeito Edivaldo Holanda Junior certamente sairá desgastado e chamuscado.

Em ano de eleições, a prefeitura não quer nem ouvir falar em reajuste de tarifas, afinal, reajuste de passagem é um ato impopular que pode desgastar ainda mais a já combalida imagem de Edvaldo. Na outra ponta, os rodoviários pedem um reajuste de 16% e o Sindicato das Empresas de Transportes Coletivos de São Luís, diz ser totalmente impossível atender qualquer reivindicação dos trabalhadores seu que haja aporte financeiro da prefeitura, já que segundo os empresários do setor, o sistema está falido e dando prejuízo faz tempo. 

Os rodoviários ameaçam mais uma greve por tempo indeterminado a partir do dia 1º de maio (quinta-feira), caso a classe patronal não sente à mesa de negociações. Em mais uma tentativa de solucionar o impasse, uma audiência publica foi marcada para as 14h desta segunda-feira (28), no Ministério Público do Trabalho (MPT), reunindo representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviários do Maranhão (STTREMA) e do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís (SET).

Se conceder o reajuste de tarifas, atendendo a solicitação dos empresários do setor de transporte coletivo, Edivaldo Holanda Junior, vai enfrentar a ira e as manifestações dos estudantes e movimentos sociais que certamente não aceitarão calados este reajuste considerado abusivo, manifestações em ano eleitoral certamente influenciarão na candidatura do principal aliado e tutor do prefeito, o comunista Flávio Dino, principal avalista da eleição de Edivaldo.

Não concedendo o reajuste, os rodoviários paralisarão o Sistema de Transporte de Passageiros da capital, uma greve longa e sem previsão de terminar acarretará prejuízos aos comerciantes e trará sérios transtornos a população, fato que respingará na administração municipal e no pré candidato a governador Flávio Dino, tutor e avalista de Edivaldo Holanda Junior.  

Vale aguardar o resultado de toda esta pendenga que pode prejudicar cerca de mais de um milhão de pessoas diariamente já a partir da próxima quinta-feira, 1º de maio.

O SET -Sindicato das Empresas de Transportes Coletivos de São Luís, divulgou nota no inicio do mês, se posicionando sobre a reivindicação do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviários do Maranhão (STTREMA)

NOTA

O Presidente do SET -Sindicato das Empresas de Transportes Coletivos de São Luís, José Luís Medeiros, anunciou a total impossibilidade de continuar as negociações com a categoria dos rodoviários, uma vez que todas as reivindicações da categoria trazem impactos econômicos para um sistema já falido.

Segundo anunciou o presidente do SET na última reunião com os Rodoviários na tarde da terça-feira (08.04), é essencial e urgente que a Prefeitura intervenha nesse impasse e sinalize medidas emergenciais para evitar o caos ainda maior, no atual sistema de transportes coletivos da capital maranhense.

Uma recente Auditoria da Prefeitura fiscalizou o sistema de transportes e as empresas que atuam no mesmo, chegando a números alarmantes e que demonstram oficialmente o déficit acumulado há mais de seis anos e que inviabiliza a continuidade da operação do transporte nas condições atuais da séria crise do setor.

"Lamentamos chegar a esse impasse. Já informamos oficialmente às autoridades, e agora em respeito aos rodoviários e à população, conclamamos a Prefeitura a participar desse debate, sinalizando medidas que possam reverter o agravamento dessa crise. Os empresários estão de mãos atadas e sem condições de avançar nesta negociação " declarou o Presidente do SET.

“Ganhei com todos, mas nem todos serão beneficiados”, a frase que Flavio não pode pronunciar publicamente.




Em interessante artigo publicado neste domingo, o jornalista Ed Wilson faz uma analise das alianças e acordos políticos feitos pelo até então pré candidato a governador, - segundo a analise do jornalista, - governador eleito Flávio Dino. 

O artigo tem o objetivo claro de tentar justificar as alianças espúrias do PC do B e o estupro ideológico em que se constituíram estes acordos espúrios, além de disso tenta sem sucesso minimizar o fato de Flávio Dino dizer uma coisa e fazer outra no caso especifico dos apoios que vem costurando nos últimos dias. 

No texto é possível perceber que o jornalista já considera Flávio Dino governador eleito, mesmo faltando mais de cinco meses para a eleição e com um forte candidato da situação que ainda sequer iniciou a pré campanha.

Alguns pontos do texto são forte e reveladores e merecem ser destacados, haja visto o forte poder de desfaçatez, convencimento e manipulação embutido nestas frases, além de sentido amplo e duplo.

por exemplo, quando Ed Wilson diz:  
"Dino atrai os apoiadores por gravidade. E cada dia chega mais gente, de todos os naipes. Nesse momento da disputa eleitoral, todo apoio cabe. Dino não pode se dar ao luxo de rejeitar ou desprezar qualquer força. Seria uma demonstração de arrogância e uma tremenda falta de habilidade política".

Ele quer dizer em outras palavras que não é Flavio Dino que busca alianças, são as alianças que correm atrás do Pré candidato, e que neste caso ideologias politicas e convicções partidárias devem ser mandadas as favas, afinal ele não pode se dar ao luxo de recusar apoios, isso seria arrogância, como se o ex-deputado não fosse detentor do titulo de Professor de Deus, tamanha a sua modéstia e humildade. 

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Em outra parte o artigo ressalta que Flávio Dino e tão poderoso quanto um Deus da Grécia antiga, e que ocupando o altar ou pedestal sagrado, não seria obrigado a dividir o governo com os bárbaros que o ajudaram a vencer a guerra.
Objetivamente, a vantagem desta vantagem é que Flavio Dino, no posto máximo do Olimpo eleitoral, não ficará devendo a todos igualmente.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

  Um dos pontos chaves e revelador do texto é este:
Os iguais serão tratados com desigualdade, para que haja justiça. Nem todos os corruptos que ajudarem na vitória serão beneficiados com os privilégios do governo.

Aqui o articulista escancara e diz com todas as letras que os novos cristãos, os que aderiram de ultima hora, serão tratados de forma inferior e subalterna, além disso admite claramente que existem muitos corruptos ao lado de Flávio Dino, e que apenas alguns deste corruptos terão quinhões no governo comunista de Flávio Dino.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx


Fechando o texto, o jornalista dá o golpe de misericórdia, a estocada final, com a maestria que lhe é peculiar Ed Wilson escreve a frase final e mostra bem, segundo ele, o lado falso, traidor e oportunista do pré-candidato,
“Ganhei com todos, mas nem todos serão beneficiados”, é a frase que Flavio não pode pronunciar publicamente. No mundo dos ingênuos, todo sonho é possível!

Ed Wilson de forma didática e muito clara explica com todas as letras como agem os comunistas, como os aliados são vistos hoje por Flávio Dino e como serão tratados por ele em um improvável governo do PC do B, fica claro que muitos estão sendo e serão usados como boi de piranha. O PDT já sente na pele e prova do próprio veneno.  

Leia aqui o artigo na integra:  A vantagem da vantagem de Flávio Dino

Ed Wilson é Jornalista, mestre em Educação, doutorando em Comunicação pela PUC-RS, professor da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Diretor de Formação da Associação Brasileira de Rádios Comunitárias no Maranhão (ABRAÇO-MA).


Abimael Costa
jornalistaabimaelcosta@gmail.com
Whatsapp - (98) 8175-0173

Faltando poucas horas para acontecer, show de Luan Santana é cancelado e irrita fãs


O fãs do cantor Luan Santana na região do Vale do Pindaré foram surpreendidos na manhã deste domingo com a triste  noticia do cancelamento do show que o cantor sertanejo faria hoje 27 de abril no Parque da Raposa em Santa Inês.

A empresa DM Produções responsável pela realização do evento divulgou nota na manha deste domingo, faltando menos de 18 horas para o show informado o cancelamento da apresentação de Luan Santana. 

Na nota a DM alega que devido a instabilidade climática as vésperas do Show e seguindo orientações técnicas, não se sabe de quem, constatou falhas técnicas, falta de estrutura e de segurança ao publico, foram os motivos para o cancelamento do show. E quem já comprou ingresso, receberá o valor pago a partir de sexta-feira (02). 
Informações através do (98) 3653-7190 - 9962-5005.

A DM produções entrou em contato com o Blog agora a pouco e informou que ao contrario do que se comenta na cidade, os valores referente a primeira parcela do show foram pagos no prazo estipulado, é que o cancelamento do show deve se unica e exclusivamente as fortes chuvas que vem caindo na cidade nas últimas 48 horas, o que torna impossível a apresentação de Luan Santana, devido a mega estrutura de palco que acompanha o sertanejo.

Abimael Costa
jornalistaabimaelcosta@gmail.com
Whatsapp - (98) 8175-0173

Esconderam os prefeitos MODELO porque??






Os bons administradores, hoje prefeitos do PSB em Timon, Caxias e Santa Inês, eleitos com discurso de mudança e representando o NOVO Flavio Dino (PC do B - PSDB - PSB) não foram mostrados neste sábado (26), durante visita de Eduardo Campos a cidade de Timon .

Esconderam os grandes exemplos de administração e o novo modelo de fazer politica no Maranhão porque ??

Porque nenhum blogue da oposição mostrou os prefeitos exemplo de administração séria no palanque ao lado da dupla Flavio/Eduardo??

Será que e porque eles enfrentam serias dificuldades em seus municípios, com popularidade em baixa, acossados pela população que cobra as mirabolantes promessas feitas durante a campanha?

Ou será que é porque estão desgastados e encurralados sem conseguir responder aos anseios do povo e assim é bem melhor descolar a imagem do Salvador da pátria Flavio Dino (PC do B - PSDB - PSB) dos prefeitos impopulares??

Edivaldo Holanda Junior, eleito no mesmo esquema mentiroso de prefeito modelo, enfrenta sérios problemas, desgastado nunca mais foi visto em eventos ao lado de Flavio Dino, que agora prefere os neo aliados do ex inimigo PSDB, a exemplo de Castelo, sem contar com outros nomes com Zé Vieira de Bacabal.

Este é o grupo que vai mudar o Maranhão e que ontem deu um exemplo nada ético de como fazer esta mudança, começaram mal, escondendo seus pupilos e principais aliados hoje no poder executivos das principais cidades do Maranhão.

Perderam a grande oportunidade de mostrar as mudanças e os avanços conquistadas e implementadas pelos prefeitos da MUDANÇA e do NOVO.

A oposição está no poder nos maiores municípios do Maranhão é tem a obrigação de mostrar este modelo novo de administração e os administradores excelentes que são estes prefeitos. 




Só que antes precisa combinar com o povo destes municípios, que abandonados, entregues a própria sorte, vivem hoje um pesadelo de terem acreditado no sonho da mudança. 




Abimael Costa
jornalistaabimaelcosta@gmail.com
Whatsapp - (98) 8175-0173

Vamos salvar a vida de Aline - ela precisa de sua ajuda



A jovem estudante maranhense, Aline Aguiar de 18 anos, residente na Vila Progresso - II no município de Açailândia, sofre de uma doença rara diagnosticada como Síndrome dа Artéria Mesentérica Superior também conhecida como síndrome dе Wilkie, compressão progressiva que gera umа obstrução intestinal, impedindo a passagem de alimentos. 

Com o avanço da síndrome, Aline entrou em um processo de debilidade física já que a enfermidade faz com que vomite tudo que come, e quanto mais come, mais fecha a passagem do alimento, por isso, atualmente a jovem toma somente líquidos para evitar a obstrução intestinal total que inevitavelmente provocará seu óbito.

Aline está fazendo tratamento na capital piauiense, e a solução apontada pelos médicos para solucionar o problema e submeter se a uma cirurgia, porém, o SUS não oferece o procedimento, que na rede particular custa em média 13 mil reais. O alto valor impede que ela faça o procedimento nesse momento, é que a cirurgia custa em média de 13 mil reais.

Sensibilizados com o grave quadro de saúde da Jovem, amigos e familiares de Aline iniciaram uma grande campanha de solidariedade com o objetivo de arrecadar contribuições para que seja realizada a cirurgia. Sensíveis com o caso, os médicos concederam um abatimento no valor da cirurgia, que agora fica por cerca de 10 mil reais. Acrescentando despesas e medicamentos do pós cirúrgico, o valor para devolver a saúde da Jovem fica entre 12 a 13 mil reais.

Contamos com a sua ajuda para alcançar o objetivo de salvar uma vida, antes de qualquer coisa, coloque Aline em suas orações, a fé nesse momento é um fator muito importante, cremos no milagre de Deus na vida dela, por isso pedimos que você faça parte desse milagre, ajudando com alguma quantia, caso queira entrar em contato com a família, vários números estão disponíveis 24 horas.


Contatos da família

Fones:

 99 - 9215-6926 - Mãe

99 – 9155-3221 - Pai

    99 – 9155-0815 - Irmã

             99 - 9102-2672 - namorado


PARA DOAR QUALQUER QUANTIA

CAIXA - Conta Poupança.
Agência: 1119 Agência
Operadora: 013 
Conta: 00068146-8

Banco do Brasil - Conta Corrente
Agencia: 1311-0
Conta C.: 49.800-9

Nome: Vera Lucia Aguiar da Rocha - Mãe de Aline.


Abimael Costa
jornalistaabimaelcosta@gmail.com
Whatsapp - (98) 8175-0173

sábado, 26 de abril de 2014

Petistas Maranhenses sacramentam aliança PT/PMDB




A aliança PT/PMDB no Maranhão foi aprovada agora a pouco. dos 260 votos, 148 foram favoráveis a coligação. Dentro de quinze dias o PT deve definir e indicar o nome do vice governador.

Este resultado confirma a derrota da ala radical e xiita do partido que defendia uma aliança com o conservador PC do B que tem o apoio dos dois inimigos do PT nesta disputa, PSDB/PSB.

 

Os Fufucas são Flavio Dino desde criancinha - Ah eu já sabia!!!




A informação publicada por um blogue como bomba, na verdade não passa de um track  molhado de festa junina.

A suposta grande noticia é que o deputado estadual André Fuca (PEN), e o seu pai, o ex-deputado Fufuca Dantas, teriam decidido embarcar na barca da oposição e passar para o lado de Flávio Dino. 

O motivo da mudança dos Fufucas seria o fato do senador e pré candidato a governador, Lobão Filho (PMDB), ter supostamente apoiado Atemir Botelho, atual prefeito Prefeito de Alto Alegre do Pindaré,  em recente disputa judicial pela comando da prefeitura do município.

Alto Alegre do Pindaré  é base e reduto politico dos Fufucas que foram derrotados por Atemir nas duas ultimas  disputas pela prefeitura.

André Fufuca não deve concorrer a reeleição e sonha se eleger deputado federal, só que Atemir Botelho decidiu apoiar o advogado Márcio Coutinho que deve concorrer no lugar de Nice Lobão.Irritados os Fufucas decidiram romper e se bandear para os lados da oposição. 

Não é nenhuma surpresa ou novidade esta mudança, considero que os Fufucas voltaram pra casa, afinal nunca foram governo de fato e de verdade, sempre foi um pé no governo e outro na oposição, sempre foram movidos pela conveniência dos acordos em beneficio próprio, basta pesquisar um pouco o histórico politico da dupla para perceber que a ida para a oposição e a queda nos braços de Flavio Dino é um fato natural e já esperado.

Outros parlamentares e nomes de destaque da politica maranhense trocarão de lado dentre de alguns dias, até as convenções muitas mudanças devem ocorrer.  

jornalistaabimaelcosta@gmail.com 

Sedihc participa do Ação Global neste sábado

secretária de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Cidadania, Luiza Oliveira




A Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Cidadania (Sedihc) participa da 21ª edição do projeto Ação Global, realizada neste sábado (26), no Centro Pedagógico Paulo Freire, das 8h às 17h, na Cidade Universitária da Universidade Federal do Maranhão (Ufma),no Bacanga. Também participam do evento, O Procon e o Viva Cidadão, orgãos vinculados à Sedihc.

Durante todo o sábado (26), equipes da Sedihc promoverão inúmeras palestras para o publico presente, sobre temas como, combate ao trabalho escravo e trabalho infantil, Registro Civil de Nascimento (RCN), Plano Nacional da Pessoa com Deficiência Viver sem Limite, Direitos Humanos, Plano Estadual de Políticas Públicas de Promoção dos Direitos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LGBT), além da entrega de material informativo sobre esses temas.

A Sedihc disponibiliza ainda serviços de atendimento do Procon e Viva Cidadão. Uma unidade móvel do Viva Cidadão vai estar estacionada no campus da Ufma oferecendo emissão de documentação básica para a população, entre os serviços, a emissão de Carteira de Identidade, CPF e Alistamento Militar. Servidores do Procon estarão no Ação Global para receber as denúncias dos consumidores que forem ao local. 

A Sedihc participa do projeto Ação Global com o objetivo de divulgar a política de direitos humanos, e conscientizar o público como protagonista de sua história e cidadãos de direitos e deveres, desta forma, corresponsáveis para o fortalecimento de uma cultura de paz e de garantia de direitos. “Precisamos trazer esses serviços à população, e esclarecer principalmente as questões que envolvem os direitos humanos, para que as pessoas sejam multiplicadores dessas informações”, afirmou a secretária de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Cidadania, Luiza Oliveira.



sexta-feira, 25 de abril de 2014

Antônio Pereira faz defesa veemente de Lidiane Rocha, prefeita de Bom Jardim




O deputado Antônio Pereira (DEM) ocupou a tribuna da Assembléia Legislativa nesta quinta-feira (24), para defender a prefeita de Bom Jardim, Lidiane Rocha, que acaba de retornar ao comando do município, por força de liminar expedida pelo Juiz José Raul Goulart Junior, suspendendo a decisão da Câmara Municipal que havia determinado seu afastamento da Prefeitura. 

A reação do democrata foi motivada porque momentos antes o deputado Manoel Ribeiro (PTB) usou a tribuna da Assembléia Legislativa, para atacar a atual administração municipal de Bom Jardim, o secretário de Assuntos Políticos, Beto Rocha, e criticar a decisão do juiz, José Raul Goulart Junior, por determinando a volta da prefeita Lidiane Rocha ao comando da Prefeitura. 

Antônio Pereira deixou claro que compreende a posição política dos vereadores de Bom Jardim, mas tem o dever de defender a administração da prefeita Lidiane Rocha, que durante sua gestão já conseguiu, com seu apoio e de Hildo Rocha, importantes obras de asfaltamento de ruas, de abastecimento d’água e a conclusão da estação rodoviária que estava parada há cinco anos. 

De acordo com Antônio Pereira, a prefeita Lidiane Rocha enfrenta dificuldades para executar os benefícios que o povo precisa porque depois de perder a eleição, o ex-prefeito Roque Portela, no apagar da luzes de sua gestão, aumentou salários de forma exorbitante e efetivou cerca de 900 funcionários, aprovados e excedentes no concurso público da Prefeitura Municipal. 

Para Antônio Pereira, foi um ato de extrema irresponsabilidade, porque Bom Jardim tem apenas 40 mil habitantes e o ex-prefeito Roque Portela não pagou absolutamente nenhum mês de salário aos servidores públicos, inviabilizando novos investimentos, pois as despesas da Prefeitura ultrapassaram os limites estabelecidos por meio da Lei de Responsabilidade Fiscal (54%).

“Sei que tem muita gente interessada na administração de Bom Jardim. Peço a essas pessoas que registrem as candidaturas, disputem o poder nas urnas e se coloquem à disposição da população, que precisa da ajuda para melhorar a qualidade de vida. Fiquei surpreso ao ouvir o deputado Manoel Ribeiro dizer que a decisão do juiz José Raul Goulart Junior será mudada”, disse. 

O democrata revelou que a ex-deputada e vice-prefeita Malrinete Gralhada está manipulando os ilustres vereadores para assumir o comando da Prefeitura de Bom Jardim. “A família de Malrinete Gralhada já comandou Bom Jardim por muitos anos. Ficou provado que não correspondeu aos anseios do povo. A resposta foi dada nas urnas com a eleição de Lidiane”, concluiu. 

A DECISÃO DO JUIZ 

Em seu despacho publicado hoje no Diário TJ/MA, o juiz José Raul Goulart Junior sentenciou: “Em análise perfunctória, tem-se que a suspensão da impetrante [Lidiane Rocha] de suas atribuições administrativas, sem o estabelecimento do contraditório e sem a oportunidade do exercício da defesa ampla, apresenta-se, em princípio, como ato anômalo e arbitrário do órgão processante”.